Embaixador apela a investimento chinês no setor mineiro de Angola

João dos Santos, embaixador de Angola na China, participou no terceiro ‘roadshow’ para concessões mineiras, em Pequim.

José Manuel Ribeiro/Reuters

O embaixador de Angola na China representou o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos angolano na terceira apresentação técnica (roadshow) das concessões mineiras Kassala Kitungo, Camafuca-Camazambo, Tchitengo, Kassala Kitungo, Cácata e Lucunda.

João dos Santos, embaixador de Angola na China, participou no terceiro roadshow para concessões mineiras, em Pequim. O diplomata que representava o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, apelou aos participantes do evento para que invistam na exploração mineira neste país africano.

“Espero que esse evento sirva de espaço útil para melhorar o vosso conhecimento e atração de investimento mineiro em Angola”, afirmou o embaixador, citado pela “Angop”, esta segunda-feira.

A apresentação técnica realizada a 16 de setembro em Pequim é o terceiro de uma série de cinco roadshows programados. Tendo sido o primeiro realizado em Luanda, a 27 de agosto; em seguida foi no Dubai, a 10 setembro. Os próximos serão em Londres a 20 de setembro e em Nova Iorque no dia 30 do mesmo mês.

Recomendadas

Brexit: Governo britânico quer cumprir saída a 31 de outubro

“Sabemos que a UE quer que saiamos, sabemos que temos um acordo que nos permite sair. Vamos sair a 31 de outubro. Temos os meios e a capacidade para o fazer”, insistiu Michael Gove.

Canadá: primeiro-ministro em risco de perder a maioria

O líder do Partido Liberal é vítima de uma combinação de polémicas em sua volta — como as fotos com a cara pintada de preto — e das elevadas expectativas que criou.

Catalunha: Puigdemont critica “deslealdade” entre independentistas

Exilado na Bélgica Carles Puigdemont não gostou da criação de um grupo de trabalho para baixar a tensão e alcançar uma solução para o conflito em Barcelona.
Comentários