Embalagens de bacalhau contaminadas com Covid-19 descobertas na China

Na sequência de uma investigação para apurar a origem de um surto que infetou 13 pessoas na cidade portuária chinesa de Qingdao, o Centro Nacional de Prevenção e Controlo de Doenças chinês (CDC) descobriu o novo coronavírus “isolado no exterior de alimentos congelados” que, no caso, tratavam-se de embalagens com bacalhau congelado.

A descoberta foi revelada pelo Centro Nacional de Prevenção e Controlo de Doenças chinês (CDC), avançando que o contágio ao tocar neste tipo de superfícies é uma “possibilidade”, ainda que remota, de acordo com semanário “Sol” esta segunda-feira, dia 19 de outubro.

Na sequência de uma investigação para apurar a origem de um surto que infetou 13 pessoas na cidade portuária chinesa de Qingdao, o CDC informou que, apesar de não estar totalmente confirmado que o vírus foi contraído a partir das embalagens de bacalhau, sabe-se que alguns dos trabalhadores do porto tocaram nessas embalagens.

“É a primeira vez que o novo coronavírus surge isolado no exterior de alimentos congelados e que se confirma que o contacto com embalagens pode causar contágio”, relatou o CDC em comunicado, lembrando que o vírus pode sobreviver durante bastante tempo numa superfície congelada.

Recomendadas

Marcelo promulga diploma sobre acesso às praias mas alerta para novo regime sancionatório

O Presidente da República promulgou esta sexta-feira o diploma que regula o acesso e a ocupação das praias durante a época balnear deste ano, no contexto da pandemia da Covid-19, alertando para a aplicação prática do novo regime sancionatório.

Covid-19: PSD pede esclarecimentos ao Governo sobre voos entre Reino Unido e Portugal

Em declarações aos jornalistas na Assembleia da República, o deputado do PSD Cristóvão Norte lembrou que “a 7 de maio, o Reino Unido levantou as restrições a viagens não essenciais para Portugal”, colocando o país, “por razões epidemiológicas, na lista verde e, desse modo, “permitindo a retoma da atividade turística”.

Covid-19: Viagens não essenciais para o Reino Unido permitidas a partir de segunda-feira

A decisão governamental será tomada hoje, disse à Lusa fonte do gabinete do ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.
Comentários