Empresários de Cabo Verde falam dos seus fracassos para incentivar empreendedores

A Semana Nacional do Empreendedorismo de Cabo Verde foi institucionalizada pelo Governo de Cabo Verde, através da resolução 72/2012, de 25 de outubro.

Um grupo de 50 jovens empresários esteve esta quinta-feira a partilhar como outros empreendedores as suas histórias de insucesso na criação de negócios, durante a III Edição Noite Fracassados, realizada pela organização da Semana Global Empreendedorismo.

Em declarações à agência noticiosa “Inforpress”, a secretária-geral da Associação dos Jovens Empresários de Cabo Verde (AJEC), Elisabeth Afonso, explicou que o evento pretende fazer com que empresários que tiveram histórias de insucesso durante a sua vida profissional partilhem as suas histórias vivenciadas com os seus projetos traçados e que não deram certo.

A ideia é incentivar os jovens a estarem alerta na criação do negócio, para não caírem no fracasso, assim como aconteceu com outros empreendedores, segundo explicou a dirigente associativa à imprensa local.

A Semana Global de Empreendedorismo (GEW, na sigla em inglês), que decorre em todas as ilhas e conselhos do país, conta com mais de 250 atividades, envolvendo mais de 20 mil participantes, visando um empreendedorismo inclusivo. Como oradores na sessão estiveram Victor Constantino e Faron Peckham.

Este ano o evento acontece sob o tema “Comunidades & Famílias: AJEC 10 anos trabalhando para um único ecossistema do empreendedorismo inclusivo”.

A Semana Global do Empreendedorismo foi institucionalizada pelo Governo de Cabo Verde, através da resolução 72/2012, de 25 de outubro, como a Semana Nacional do Empreendedorismo. É um evento mundial que acontece em 170 países e celebra os inovadores e geradores de emprego, que impulsionam o crescimento económico proporcionando o bem-estar para as suas populações.

Em Cabo Verde, o evento é organizado pela AJEC junto dos demais parceiros, designadamente Instituto de Apoio e Promoção Empresarial (Proempresa), Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), Direção-geral de Emprego e Programa Estágios Profissional e o Governo, através do Gabinete do Primeiro-ministro.

A AJEC é uma associação sem fins lucrativos, criada a 10 de Fevereiro de 2009, com o objetivo de “desenvolver e representar as jovens lideranças empresariais cabo-verdianas” e com a ambição de atuar em quatro eixos principais: representar os jovens empresários; incentivar/promover o empreendedorismo; apoiar os jovens empresários; e promover a responsabilidade social nas empresas.

Ler mais
Recomendadas

CAL elege nova direção. Lista liderada por Moçambique tem todos os países da CPLP

Vão estar na assembleia geral, que será presidida por Rogério Hilário, em representação do CEC, representantes da CPLP — Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Investimentos públicos na ilha de Santo Antão devem ultrapassar os 960 mil contos em 2020

A maior fatia orçamental está destinada à requalificação urbana e melhoria de acessibilidades da ilha cabo-verdiana.

Exploração política está a aumentar sentimento de insegurança em Cabo Verde, diz ministro Paulo Rocha

Segundo o governante que lidera o MAI cabo-verdiano, o país contabiliza desde o início do ano 31 homicídios (o último dos quais no sábado, na Praia), contra os 37 em todo o ano de 2018 e 38 no ano anterior.
Comentários