Energéticas mantêm PSI-20 em alta em linha com Europa

Bolsa portuguesa encerrou a subir 0,56% graças ao grupo EDP e REN. Galp é a única do sector a contrariar tendência.

O principal índice bolsista português encerrou a sessão desta quarta-feira em terreno positivo impulsionado, uma vez mais, pelo sector energético.

Enquanto que a REN encerra a sessão a subir 1,54% para 2,64 euros, a EDP e EDP Renováveis subiram 2,57% para 4,76 euros e 3,88% para 21,94 euros, respetivamente. Deste sector, apenas a Galp contraria a tendência. No fecho da sessão, a petrolífera perdeu 1,31% para 9,83 euros.

Assim, o PSI-20 subiu 0,56% para 5,593.36 pontos acompanhando a tendência no resto da Europa, com exceção da congénere espanhola que encerrou a cair 0,61% para 8,881.40 pontos castigada pela queda acentuada das yields de dívida soberana.

Por cá, o BCP mantém a tendência de desvalorização assistida na passada terça-feira, caindo 3,38% para 0,1573 cêntimos; a Nos tomba 1,40% para 3,37 euros e os CTT recuam 1,02% para 4,86 euros.

A impulsionar ainda o índice estiveram os títulos da Jerónimo Martins ao subir 1,64% para 18,64 euros. As papeleiras também deram uma ajuda positiva: a Semapa ganhou 1,18% para 12 euros, a Navigator avançou 0,81% para 2,988 euros e a Altri ganhou 0,19% para 5,165 euros.

As restantes do Velho Continente, o CAC 40, em Paris sobe 0,75% para 6,597.38 pontos e o DAX valorizou 0,63% para 15,242.00 pontos. Por sua vez, o Ftse 100 registou uma subida ligeira de 0,17% para 7,142.06 pontos.

Recomendadas

Wall Street encerra ‘mista’ com destaque para sector tecnológico

A Visa foi uma das empresas que mais prejudicou o Dow Jones que, pela primeira vez em quatro dias, encerrou em terreno negativo. As ações da Visa caíram 6,93% após emitir uma perspetiva de receita que alguns analistas consideraram “conservadora”.

Bolsa portuguesa acompanha tendência europeia e encerra em terreno negativo

BCP, que divulga esta quarta-feira contas, e Galp Energia empurram o PSI-20 para o ‘vermelho’. Em terreno positivo, destacam-se a EDP e EDP Renováveis, que encerraram o dia a valorizar 0,99% para os 4,89 euros e 1,44% para os 24,02 euros, respetivamente.

EDP Brasil entra oficialmente numa bolsa espanhola

A empresa (detida em 52% pelo grupo EDP) passa a negociar na Latibex, o único índice bolsista internacional focado exclusivamente em títulos da América Latina negociados em euros.
Comentários