Estado australiano foco da pandemia levanta confinamento a partir de terça-feira

O confinamento foi decretado em julho, quando o número de novos casos era de cerca de 190 por dia, número que subiu para 700 em agosto.

O estado australiano de Vitória, epicentro da segunda vaga de covid-19 na Austrália, anunciou hoje o levantamento do confinamento a partir de terça-feira, depois de não ter registado quaisquer novos casos nas últimas 24 horas.

Lojas, restaurantes e cafés em Melbourne, capital do estado de Vitória e segunda cidade mais populosa do país, reabrirão à meia-noite de terça-feira, e os habitantes serão novamente autorizados a circular na cidade, anunciaram hoje as autoridades locais.

“Podemos dizer que agora é o momento de abrirmos”, disse o chefe de governo de Victoria, Daniel Andrews, visivelmente emocionado, numa conferência de imprensa em Melbourne, recordando que a última vez que o estado registou zero infeções foi em 9 de junho.

O confinamento foi decretado em julho, quando o número de novos casos era de cerca de 190 por dia, número que subiu para 700 em agosto.

Andrews explicou que os quase cinco milhões de habitantes poderão sair às ruas por qualquer motivo a partir da meia-noite de terça-feira.

No entanto, o limite para deslocações num raio de 25 quilómetros, tal como a proibição de sair da cidade, vão manter-se até 8 de novembro, de acordo com a mesma fonte.

Apesar da eficácia das medidas para conter a primeira vaga da doença causada pelo novo coronavírus, Melbourne sofreu um surto de casos no verão, sobretudo devido à negligência em hotéis onde as pessoas regressadas do estrangeiro cumpriram a quarentena obrigatória.

Os cinco milhões de habitantes de Melbourne foram sujeitos a severas restrições, incluindo um recolher obrigatório noturno que foi levantado no final de setembro, após quase dois meses.

Os residentes foram obrigados a permanecer em casa e só podiam circular num raio de cinco quilómetros.

Algumas restrições foram levantadas na semana passada, permitindo aos habitantes jogar golfe ou cortar o cabelo.

A Austrália, com uma população de 25 milhões, teve aproximadamente 27.500 casos desde o início da pandemia e 905 mortes devido à covid-19.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e quase 42,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Ler mais
Recomendadas

Web Summit 2020: o que vai poder ver esta quinta-feira

Esta quinta-feira marca o segundo dia da edição 2020 da Web Summit, o maior evento de tecnologia e empreendedorismo do mundo, este ano numa edição 100% online. Acompanhe no site do Jornal Económico e na plataforma JE TV uma vasta cobertura desta cimeira com entrevistas e painéis que vão marcar esta edição

Kai-Fu Lee prevê que empregos em cadeias de fast-food e telemarketing serão substituídos por IA

O ex-presidente da Google China, considerado um dos maiores especialistas em IA no mundo, esteve na Web Summit, onde fez referência à “relutância” da Europa em abdicar da privacidade mesmo que seja por “algo muito importante, como a saúde e a segurança”.

DGS confirma três casos positivos de Covid-19 na sede

A DGS “informa que foram confirmados três casos positivos de covid-19 na sua sede, até ao momento, ficando dez trabalhadores em isolamento profilático”, dá conta uma nota divulgada durante a noite de hoje às redações.
Comentários