“Estão a mudar-se, e a fazê-lo em massa”. Lisboa é o novo destino dos ‘millennials’, escreve o Independent

Jornal diz que millennials não escolhem a capital portuguesa apenas como destino de férias. Freelancers e trabalhadores em áreas digitais, com flexibilidade para trabalhar a partir de qualquer local, estão a transformar Lisboa num hub.

Lisboa está ‘nas bocas do Mundo’ e, esta terça-feira, foi a vez do The Independent descrever como a cidade se está a tornar atrativa para a geração de ‘millennials’. O jornal britânico descreve como freelancers e trabalhadores em áreas digitais, com flexibilidade para trabalhar a partir de qualquer local, estão a transformar Lisboa num hub.

“Bem-vindos à ‘gig’ economia”, escreve o jornal. “Lisboa tem sido a cidade europeia por excelência desde há algum tempo; a nova Barcelona, ​​se quiser”. E enumera as razões: um clima subtropical, o custo de vida baixo, o número de bares e restaurantes e o acesso fácil às praias algarvias.

Contudo, realça que os millennials não escolhem a capital portuguesa apenas como destino de férias: “Eles estão a mudar-se, e estão a fazê-lo em massa”.

“Então por quê viver numa cidade como Londres – onde o arrendamento é muito caro e o clima uniformemente cinzento – quando se poderia reduzir para metade o custo de vida e acordar todas as manhãs com céus ensolarados?”, pergunta o jornal.

Realça que o número de cidadãos estrangeiros tem aumentado mas não tem agradado a todos os setores e aponta as queixas das associações de moradores que procuram proteger os interesses locais.

“O distrito de Alfama está no centro da nova mudança cultural de Lisboa; mas nem todos estão felizes por isso”, frisa. 

“Se há uma coisa certa, é que se pode esperar que muitos profissionais mais jovens, geograficamente flexíveis, reservem vôos para Lisboa em breve. Se a cidade será capaz de acompanhar a taxa de mudança é outra questão”, conclui.

Ler mais
Recomendadas
João Paulo Correia

‘Vice’ da bancada do PS regista que ERC aponta “falha de rigor” da TVI sobre região Norte

O vice-presidente da bancada socialista João Paulo Correia afirmou na terça-feira que a ERC, embora tenha arquivado a sua queixa contra a TVI, identificou “falha de rigor” noticiosa desta televisão sobre o impacto da covid-19 na região Norte.

ERC arquivou processo contra TVI devido a reportagem sobre a Covid-19 na região Norte

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) arquivou um processo contra a TVI, motivado por várias participações contra o canal a propósito de uma reportagem sobre o impacto da pandemia de covid-19 no Norte, adiantou a entidade.
RTP Porto PREVPAP

Administração da RTP aguarda ‘luz verde’ do Governo para integrar 27 trabalhadores precários

A integração de 27 trabalhadores precários da RTP nos quadros da empresa está por concluir. CAB Cultura diz que falta homologação ministerial para 26 profissionais, enquanto um outro trabalhador foi excluído do processo. Presidente da RTP diz que “dará execução imediata” após aprovação governamental.
Comentários