Euribor caem a três, seis e 12 meses

A taxa a três meses desceu hoje, ao ser fixada em -0,312%, menos 0,001 pontos, contra o atual máximo desde julho registado pela primeira vez em 24 de janeiro (-0,306%) e o atual mínimo de sempre, de -0,332%.

As taxas Euribor desceram esta quinta-feira a três, seis e 12 meses em relação a quarta-feira.

A Euribor a três meses desceu hoje, ao ser fixada em -0,312%, menos 0,001 pontos, contra o atual máximo desde julho registado pela primeira vez em 24 de janeiro (-0,306%) e o atual mínimo de sempre, de -0,332%, verificado pela primeira vez em 10 de abril de 2017.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, recuou hoje para -0,237%, menos 0,002 pontos, contra o atual valor máximo desde julho, de -0,227%, registado em 27 de março, e o atual mínimo de sempre, de -0,279%, verificado pela primeira vez em 31 de janeiro de 2018.

No prazo de 12 meses, a taxa Euribor também desceu hoje, para -0,128%, menos 0,003 pontos, contra o atual máximo desde julho, de -0,108%, verificado pela primeira vez em 06 de fevereiro, e o atual mínimo de sempre, de -0,194%, atingido pela primeira vez em 18 de dezembro de 2017.

As taxas Euribor a três, a seis e a 12 meses entraram em terreno negativo em 2015, em 21 de abril, 06 de novembro e 05 de fevereiro, respetivamente.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.

 

Ler mais
Recomendadas

Berardo: Bens pessoais de empresário estão na mira da justiça

Ações, títulos, depósitos e participações não bastam para liquidar dívida. Penhorar património pessoal de Berardo poderá ser a solução.

Amazon: ações podem chegar aos três mil dólares nos próximos dois anos, estima Bloomberg

A avaliação de três mil dólares por título implica uma capitalização bolsista de 1,47 mil milhões de dólares (1,31 mil milhões de euros).

As cidades com os táxis mais caros (e mais baratos) do mundo

O Deutsche Bank fez uma pesquisa onde elenca 55 cidades e os respetivos preços médios para utilizar o táxi. Lisboa está em 34.º lugar de uma lista que coloca Zurique no primeiro lugar e Amesterdão em segundo.
Comentários