Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores Portuários chega a acordo com Governo Regional

O acordo alcançado entre o sindicato e o Governo Regional salvaguarda a manutenção dos postos de trabalho.

Porto do Funchal (foto: APRAM – Portos da Madeira)

O acordo entre a Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores Portuários (FNSTP) e o Governo Regional vai salvaguardar a manutenção dos trabalhadores portuários dos Portos da Madeira.

Para o presidente do FNSTP, Aristides Peixoto, a decisão “mostra que estamos alinhados com os interesses dos trabalhadores portuários e que se revêem no nosso modelo de atuação”.

O Governo Regional expressou nesta reunião com o FNSTP “abertura para o diálogo e que a política do Governo Regional é de criar mais e melhor emprego”.

Recomendadas

APRAM recebe 4,4 milhões de euros para reduzir impacto provocado pela pandemia

O Conselho de Governo aprovou outro contrato-programa com a Investimentos Habitacionais da Madeira, até 1,3 milhões de euros, e ainda de 34 contratos-programa de auxílio ao setor da pesca.

Madeira declara estado de calamidade até novembro

O Conselho de Governo estabeleceu que “todos os estudantes do ensino superior e dos Programas ERASMUS, que frequentem a Universidade da Madeira, e todos os estudantes madeirenses do ensino superior que frequentem os estabelecimentos de ensino superior situados fora do território da região”, devem fazer um segundo testes ao coronavírus entre o quinto e sétimo dia após o desembarque na região, tal como acontece com os profissionais ligados às áreas da saúde, educação, ensino superior, social e proteção civil, que regressam às suas funções, após terem saído para territórios exteriores à ilha.

Saiba como pode fazer um orçamento familiar e poupar

Mensalmente, ou sempre que possível, as famílias devem retirar uma parte dos seus rendimentos para uma poupança. O ideal seriam 10% do rendimento, no entanto esta avaliação terá de ser feita, caso a caso.
Comentários