FENPROF quer mais 20 mil professores nos quadros

Mais 20 mil professores nos quadros até 2019 é a exigência da FENPROF. Ministério propõe mais 100 para o novo ano.

A FENPROF promete manifestações de docentes caso a proposta apresentada pelo ministério se concretize, divulgou a Agência Lusa.

Mário Nogueira, secretário-geral da FENPROF, classificou como “extremamente redutora” a medida de vinculação extraordinária de docentes com 20 anos de serviço prestado com habilitação profissional, que apenas integraria 100 docentes.

A FENPROF acusa a tutela de Tiago Brandão Rodrigues de não apresentar um novo documento de negociação no prazo estabelecido. A Federação propõe, assim, que todos os docentes com 15 ou mais anos de serviço entrem nos quadros a 1 de Setembro de 2017, que todos os docentes com dez ou mais anos de serviço entrem a 1 de setembro de 2018 e, a 1 de setembro de 2019, sejam vinculados todos os docentes com cinco ou mais anos de serviço.

 

Recomendadas

Professores universitários exigem salários equiparados aos dos juízes

A Associação Sindical de Docentes e Investigadores apresentou esta terça-feira ao Governo uma proposta de atualização das tabelas salariais. Veja aqui os valores que estão em cima da mesa.

ISEG aposta na gestão de talento com novo curso

Pós-graduação em Capital Humano & Gestão do Talento destina-se a líderes e gestores de equipas e arranca a 9 de março.

Portugal tem o 22.º melhor MBA da Europa

No ranking do Financial Times de 2020, o programa da Católica-Lisbon e Nova SBE averba a melhor experiência internacional no mundo.
Comentários