Fintech House e Imprensa Nacional Casa da Moeda fazem acordo para apoiar startups

Entre as iniciativas que serão organizadas no âmbito deste acordo estão eventos como as “INCM Summer Sessions” e os “Identity Trends”, no qual se abordarão as principais tendências no âmbito da identidade digital e que se realiza no próximo mês de setembro.

Palácio das Varandas, onde fica o Fintech House

A Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM) e o co-work Fintech House (FH) anunciaram esta quarta-feira um acordo de colaboração para apoiarem mutuamente o ecossistema de empreendedorismo nacional, em particular as startups do sector financeiro e tecnológico (fintechs).

A parceria prevê a organização de várias iniciativas conjuntas, ainda este ano, nomeadamente encontros, apresentações, mesas redondas e eventos abertos à comunidade – na qual se incluem startups, parceiros e investidores – e a troca de experiências e partilha e conhecimento da INCM, sobretudo em termos de identidade digital (que acaba por estar associada a criptografia, biometria, inteligência artificial, blockchain ou IoT – Internet das Coisas).

Entre os exemplos de eventos estão as “INCM Summer Sessions” e os “Identity Trends”, no qual se abordarão as principais tendências no âmbito da identidade digital e que se realiza no próximo mês de setembro. O intuito da dupla de entidades é facilitar a concretização de novos projetos, o desenvolvimento de contactos e a criação de soluções de I&D relevantes para a melhoria da cadeia de valor instituição.

“É mais um exemplo do ecossistema inovador já presente em Portugal, cujo sucesso assumimos como um propósito partilhado por todos. É com a colaboração entre autoridades, empresas, startups e a academia que vamos tornar esse ecossistema ainda mais forte”, garante o presidente do conselho de administração da INCM, Gonçalo Caseiro.

A INCM acredita que o valor criado na economia é cada vez mais suportado por plataformas digitais que implicam a validação da identidade de todos os seus intervenientes, de forma segura e conveniente.

Para Mariana Gorjão Henriques, da FH, este acordo “mostra como o ecossistema fintech é variado e transversal a diferentes sectores”. “É pela junção das mais diferentes entidades que vai ganhando força e a INCM vem desempenhar um papel fundamental com foco na identidade digital”, diz a responsável pelas parcerias da ‘casa das fintechs’, localizada no centro de Lisboa.

Recomendadas

Comissão de inquérito responsabiliza Governo na venda à Lone Star

Os deputados da comissão de inquérito ao Novo Banco aprovaram hoje várias alterações ao relatório que passam a responsabilizar também o Governo socialista na decisão de venda à Lone Star, apesar dos votos contra do PS.

MDS é o único grupo ibérico no top 250 mundial das empresas de corretagem de seguros

A multinacional liderada por José Manuel Dias da Fonseca ocupa a 141ª posição no ranking mundial referente a 2020, com uma receita estimada em 79,4 milhões de dólares, refletindo o desempenho nos vários mercados onde está presente a nível global.

Aprovada pelo PS, PCP e BE conclusão no relatório da CPI que diz que Resolução do BES foi “Fraude Política”

Porém, foi aprovada uma proposta do PSD que recorre a uma citação do antigo vice-governador do Banco de Portugal (BdP) Pedro Duarte Neves na comissão de inquérito dizendo que havia regras de “usar o mínimo dos fundos públicos que sejam precisos”.
Comentários