Galp conclui transação com a ACS e torna-se principal operador solar da Península Ibérica

A transação tem em vista a construção de vários projetos solares fotovoltaicos que permitam atingir a marca do 2,9 gigawatts de produção de energia total.

A Galp anunciou esta terça-feira a conclusão da transação com a ACS que lhe permite afirmar-se como o principal operador solar da Península Ibérica, conforme se lê em comunicado da empresa à Comissão de Mercado e Valores Mobiliários (CMVM). A operação resultará na constituição de uma joint venture entre as duas companhias e tem em vista a o desenvolvimento de uma carteira de projetos com uma capacidade de geração de energia de 2,9 gigawatts (GW).

A transação fez-se por 326 milhões de euros, tendo a Galp assegurado 75,01% da empresa, com a ACS a manter 24,99%, numa estrutura de controlo partilhado. O portfólio adquirido representa já 914 megawatts (MW) de produção fotovoltaica, com a expetativa de atingir os 2,9 GW em 2024.

“A conclusão desta transação representa um passo importante para a materialização das nossas ambições nas energias renováveis”, afirmou Carlos Gomes da Silva, presidente executivo da Galp, sublinhando que esta estabelece a empresa “como o principal operador solar na península ibérica através da incorporação de um portfólio de geração de elevada qualidade que fará parte do nosso caminho na transição energética.”

O desenvolvimento e construção dos projetos futuros que completarão o portfólio ficará a cargo da Cobra, uma afiliada do Grupo ACS.

Formaliza-se assim o acordo estabelecido a 22 de janeiro deste ano, embora com algumas alterações de forma a estabelecer a joint venture, como salienta o comunicado à CMVM.

Recomendadas

Bruxelas dá ‘luz verde’ à venda da Brisa a consórcio internacional

A DG Comp aprovou a venda da Brisa ao consórcio formado pelo holandeses APG, pelos coreanos NPS e pelos suíços da SLAM. Grupo José de Mello continua com uma posição de 17%.

CTT faz parceria com startup Offcoustic para instalar cabines telefónicas em escritórios

O operador postal é responsável pela venda, transporte e montagem de “phone booths” nas empresas que estão a retomar a sua atividade presencial.

Sonae notifica Concorrência do controlo exclusivo de um conjunto de ativos do BNP Paribas

A aquisição do controlo exclusivo inclui ainda um conjunto de apólices de seguro mediadas pelo BNP PF e ativos acessórios, associados ao Cartão Universo, resultante de uma parceria criada pelo grupo Sonae e o BNP Paribas Personal Finance.
Comentários