Galp produz mais 21% de petróleo no terceiro trimestre

Angola registou um aumento da produção de 72%. A venda de produtos refinados caiu 13%, impactada com a paragem para manutenção da refinaria de Sines.

A Galp fechou o terceiro trimestre com um crescimento de 21% na produção de petróleo para um total de 125 mil barris diários. A maioria desta produção (87%) corresponde a petróleo com o restante a corresponder a gás natural.

O Brasil foi o responsável pela maioria da produção da Galp (88%) com 111 mil barris produzidos, mais 17% face a período homólogo.

Já Angola é responsável pela restante produção (12%), registando um aumento de 72% face a período homólogo para 12,7 mil barris diários.

Em termos de matérias primas processadas, a Galp processou menos 26% de matérias no terceiro trimestre, devido a “operações de manutenção planeadas na refinaria de Sines, sobretudo focadas na unidade de destilação atmosférica, tendo sido também implementados projetos de eficiência energética em unidades chave desta refinaria no âmbito das iniciativas “+$1/boe”.

A empresa também destaca que em setembro “verificaram-se restrições operacionais que resultaram na menor utilização das unidades de conversão da refinaria de Sines”.

Como consequência, a venda de produtos refinados caiu 13%, com a venda a clientes diretos a descer 2%.

Já as vendas de gás natural/gás natural liquefeito recuaram 11%, enquanto as vendas a clientes diretos desceram 6%.

A divulgação de resultados do terceiro trimestre vai ter lugar no dia 22 de outubro antes da abertura da bolas de Lisboa.

Ler mais
Recomendadas

‘Caso EDP’: empresa confirma que já foi notificada pelo DCIAP para ser constituída arguida

Em comunicado, a energética portuguesa afirmou que “em linha com as notícias divulgadas na imprensa portuguesa no final do dia de ontem, a EDP foi hoje notificada pelo DCIAP de que deverá, nos próximos dias, designar um legal representante que compareça no DCIAP, a fim de ser constituída arguida”.

Nova companhia aérea de Neeleman deverá iniciar voos em 2021

A Breeze Airways, fundada por David Neeleman, cuja saída da TAP foi anunciada recentemente, deverá iniciar os voos em 2021, um lançamento que foi adiado pela pandemia de Covid-19, avançou hoje a Bloomberg.

Salários da CGD aumentaram em 2019 com início de pagamento de bónus

Os salários da administração da CGD cresceram para 3,6 milhões de euros no ano passado, um aumento de 22,5% justificado com o início de um programa de pagamento de remunerações variáveis, que já estava previsto, revelou o banco.
Comentários