Premium“Goste-se ou não, Bruno de Carvalho vale um milhão de euros a mais de quotizações”

Um ano depois das agressões de Alcochete, Carlos Vieira analisa o atual momento do Sporting e sobre a pespetiva de ser campeão nos próximos anos, admite que “podem sempre existir ‘cisnes negros’”.

“Foi claramente a pior semana da minha vida, uma semana horribilis mesmo”. Carlos Vieira, vice-presidente do Sporting na altura da invasão à Academia de Alcochete, quebrou o silêncio em entrevista ao Jornal Económico sobre o momento que, apesar de tudo, não considera ser “o mais negro da história do clube ou do futebol português”. O antigo número dois de Bruno de Carvalho recorda que as agressões na Academia de Alcochete aconteceram num momento em que se preparava o lançamento de um empréstimo obrigacionista e “numa altura muito complicada do ponto de vista do modelo de governação do clube, tendo em conta que existia um ambiente de muita instabilidade e crispação entre órgãos sociais”.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumSérgio Gaio: “Empresas devem preocupar-se em entender os próprios dados”

Sérgio Gaio, ‘associate director’ da Accenture Technology, defende que a tendência no sentido de bens e serviços cada vez mais personalizados pode ser positiva sobretudo para os setores da indústria.

PremiumPSD sai reforçado das europeias, mas a procissão vai no adro

O PSD ficou à frente em nove dos 11 municípios da Madeira, partindo com vantagem para as eleições regionais. Mas os especialistas frisam que o eleitorado faz uma distinção entre europeias e regionais.

PremiumLiderança da SIC é “momento certo” para oferta, diz CEO da Impresa

Francisco Pedro Balsemão realça ao JE que o objetivo desta operaçãO passa por alcançar melhoria dos resultados operacionais nos próximos três anos. Oferta de obrigações a três anos, com taxa de 4,5%, arranca esta segunda-feira.
Comentários