Governo aprovou pacote de incentivos de 65 milhões de euros para estimular desporto nacional

“Estou em crer que, na próxima semana, apresentarei à tutela a versão para que os clubes possam, o mais rapidamente possível, vir a beneficiar” deste apoio, disse o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, acrescentando que, no início de junho, o financiamento deverá estar no terreno.

Cristina Bernardo

O Secretário de Estado da Juventude e do Desporto disse hoje, dia 10 de abril, que o Governo aprovou um pacote de 65 milhões de euros para estímulo ao desporto, dos quais 30 milhões se destinam aos clubes de base local.

Em Coimbra, onde presidiu à inauguração da requalificada pista municipal de atletismo, João Paulo Rebelo explicou que este montante será atribuído sob a forma de subsídio, “a fundo perdido”, e que o modelo de financiamento “está muito amadurecido e praticamente fechado” com o contributo do “movimento desportivo”.

“Estou em crer que, na próxima semana, apresentarei à tutela a versão para que os clubes possam, o mais rapidamente possível, vir a beneficiar [deste apoio]”, disse o governante, acrescentando que, no início de junho, o financiamento deverá estar no terreno.

Segundo o secretário de Estado, o pacote inclui também uma linha de financiamento de 30 milhões de euros para as federações desportivas “poderem alavancar as suas próprias modalidades”, disponibilizado através da banca comercial com aval do Estado.

João Paulo Rebelo salienta “a garantia do Estado à banca que, normalmente, faz muito pouco financiamento ao movimento desportivo, pelas razões conhecidas, uma vez que não há receita firme e regular”, para o financiamento das federações desportivas.

O pacote de apoio do Governo reserva também cinco milhões de euros para reforçar o programa de requalificação de infraestruturas desportivas do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), que já está “a produzir efeitos”.

O governante anunciou que a segunda fase de candidaturas dos clubes vai decorrer entre 3 e 14 de maio e que o Programa Nacional Desporto para Todos “também está no terreno e ajuda a retomar a prática e o estímulo ao desporto no país”.

O secretário de Estado da Juventude e Desporto presidiu esta tarde à inauguração da reabilitação da pista municipal de atletismo de Coimbra, que passa a estar certificada para acolher competições oficiais e treinos de alto rendimento e dotada de uma tecnologia para medir as ‘performances’ dos atletas.

A intervenção, que resultou num investimento de 530 mil euros do município de Coimbra, “representa também o culminar de uma aposta no desporto de formação, para a iniciação e competição saudável”, salientou o presidente da Câmara Municipal, Manuel Machado.

Na cerimónia, o autarca de Coimbra frisou que a cidade passa a ter uma pista de atletismo “com condições de excelência e com tecnologia pioneira em Portugal”.

A pista dispõe agora da tecnologia ‘rekortan smartrack’, que vai permitir medir as ‘performances’ dos atletas através de sensores ou via ‘smartphones’.

Segundo o presidente do município, trata-se de “uma tecnologia que representa uma mais valia para apoio ao treino, tornando a pista de atletismo numa referência para estágios e competições”.

Ler mais
Recomendadas

Sporting junta-se ao Manchester City entre os que têm mais de 99% de hipóteses de serem campeões

Fim de 19 anos de “jejum” pode ocorrer já nesta noite de segunda-feira, bastando que o FC Porto não consiga vencer o Farense. Site norte-americano FiveThirtyEight atribui menos de 1% de chances de conquista do título pelo único rival capaz de evitar a festa em Alvalade.

PremiumVinda de CR7 mexeria nos “quatro pilares de receitas” do clube

Especialista em marketing desportivo acredita que um eventual regresso do jogador a Alvalade iria fazer disparar as vendas de merchandising, bilheteira, receitas televisivas e contratos de patrocínio.

Camisola universitária de Michael Jordan leiloada por mais de um milhão de euros

Peça de roupa foi utilizada pelo antigo jogador de basquetebol na sua segunda temporada na universidade da Carolina do Norte entre 1982-83.
Comentários