Governo cabo-verdiano disponibiliza 15 mil contos para reabilitar escolas na ilha de Santiago

O governo de Cabo Verde vai, através do Ministério da Educação, conceder este montante para estabelecimentos de ensino nos concelhos do Tarrafal e Santa Catarina.

O governo de Cabo Verde vai, através do Ministério da Educação, disponibilizar cerca de 15 mil contos para a reabilitação de escolas nos concelhos do Tarrafal e Santa Catarina, na ilha de Santiago.

A assinatura dos contratos-programa aconteceu esta quinta-feira na capital. Os contratos-programa são, segundo explicou o diretor-geral do Planeamento, Orçamento e Gestão (DGPOG) do Ministério da Educação, José Marques, de cerca de 15 mil contos (10 mil para Tarrafal e 5 mil para Santa Catarina).

José Marques fez saber ainda que ainda neste ano o Ministério da Educação cabo-verdiano vai assinar mais contratos, nomeadamente em Ribeira Brava (São Nicolau) e também como Paul e Ribeira Grande (Santo Antão). “São as áreas que foram priorizadas em 2019, para terem contratos-programa para melhoria das escolas”, enfatizou.

De acordo com este responsável, há um programa maior em que foram identificadas 372 escolas, em 2016. E é dentro deste quadro, afirmou, que se está a trabalhar para melhorar as condições das escolas e “agindo lá onde realmente demonstra maior prioridade”.

 

Na maioria dos casos vai-se, conforme José Marques, intervir na melhoria dos espaços funcionais da escola. “Estamos a trabalhar com as câmaras para que tudo fique no arranque do ano letivo, o mais tardar 23 de Setembro”, finalizou.

Ler mais
Recomendadas

BIC Cabo Verde tem apenas 12 trabalhadores e lucrou 5,2 milhões de euros em 2018

O banco BIC Cabo Verde (BIC-CV), participado pela empresária angolana Isabel dos Santos e que está a ser inspecionado pelo banco central cabo-verdiano, apresentou lucros de mais de cinco milhões de euros em 2018, tendo apenas 12 trabalhadores.

Ministro das Finanças de Cabo Verde garante que fundo soberano estará operacional em 2020

O processo de montagem do fundo soberano de 90 milhões de euros está em curso e o mesmo deve estar operacional ainda este ano, garantiu o vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças cabo-verdiano.

Cabo Verde e Estados Unidos vão alargar cooperação bilateral na Defesa

O ministro cabov-verdiano Luís Filipe Tavares explicou que o leque de cooperação entre os dois países é “muito vasto”, avançado que Cabo Verde vai passar a ter mais três navios apropriados para a vigilância costeira.
Comentários