Governo francês confirma aumento de impostos sobre combustíveis

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, confirmou esta terça-feira a intenção do governo em aumentar os impostos sobre os combustíveis a partir de janeiro.

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, confirmou esta terça-feira a intenção do governo em aumentar os impostos sobre os combustíveis a partir de janeiro.

“Se durante o ano houver um aumento do preço da matéria-prima, então podemos voltar aos níveis da taxa que foi fixada para o dia 01 de janeiro”, disse o chefe do governo francês às estações RMC-BFMTV.

O primeiro-ministro acrescentou que se o preço da matéria-prima subir devido a fenómenos “não controláveis” as taxas suplementares não “serão aplicadas”.

Édouard Philippe disse ainda que está disposto a receber uma “delegação que seja representativa” do movimento de contestação “coletes amarelos” que protesta contra o aumento do preço dos combustíveis.

Recomendadas

Desemprego aumenta 1,5% em dezembro, diz IEFP

No final do mês de dezembro de 2019, estavam inscritos nos Centros de Emprego 310.482 indivíduos, o que corresponde a uma variação homóloga de -8,4% (28.553 pessoas) e a uma variação mensal de 1,5% (4.521 pessoas).

Saldo conjunto das balanças corrente e de capital cai para 1.209 milhões em novembro

O saldo conjunto das balanças corrente e de capital fixou-se, até novembro, nos 1.209 milhões de euros, menos de metade dos 3.415 milhões de euros obtidos no período homólogo, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP).

Fruta Feia já tirou duas mil toneladas do lixo e entregou 1 milhão de euros aos agricultores

Isabel Soares, mentora da cooperativa Fruta Feia explicou que chegar a este número em seis anos de existência do projeto significa que este é “um modelo que funciona e que conseguiu, baseado na responsabilidade do consumidor, salvar duas mil toneladas [de alimentos] do lixo”.
Comentários