Governo poderá aumentar salário mínimo até 705 euros no próximo ano (com áudio)

Segundo os cálculos do “Jornal de Notícias/Dinheiro Vivo”, esta variação elevará o salário mínimo para os 704,9 euros (705 euros, arredondando) em 2022 e, para atingir a meta dos 750 euros em 2023, o esforço terá depois de ser maior, de 6,4%.

O salário mínimo nacional  deverá subir cerca de 40 euros no próximo ano, representando um acréscimo de cerca de 6% face aos atuais 665 euros.

De acordo com a notícia avançada pelo “Jornal de Notícias/Dinheiro Vivo“, esse aumento elevaria o montante da remuneração mínima para os 705 euros por mês. Tendo em conta estes valores, o salário mínimo terá um aumento de 49% face a 2015 quando o PS assumiu a liderança do Executivo com o apoio do chamada geringonça.

Segundo os cálculos do jornal, esta variação elevará o salário mínimo para os 704,9 euros (705 euros, arredondando) em 2022 e, para atingir a meta dos 750 euros em 2023, o esforço terá depois de ser maior, de 6,4%.

Em causa estará um universo de mais de 800 mil pessoas, representando cerca de um quinto dos trabalhadores por conta de outrem. A pandemia, que teve grande impacto no mercado de trabalho, poderá ter alterado este número.

Recomendadas

Notícias sobre a morte do carvão ainda são exageradas

O uso do carvão para a produção de eletricidade está a acabar em Portugal e em declínio no mundo ocidental, mas vai voltar a aumentar na Ásia.

Mais de metade das embalagens de pesticidas por recolher em 2020, alerta Zero

Mais de metade das embalagens de pesticidas ficaram por recolher em 2020, representando cerca de 480 toneladas, alertou este domingo a associação ambientalista Zero em comunicado.

Perdas de empresa de Luís Filipe Vieira custam 181 milhões de euros aos contribuintes

Entre julho de 2016 e até final de 2018, os créditos da Promovalor deram ao Novo Banco perdas de 181 milhões de euros, mas como estes créditos estavam abrangidos pelo Acordo de Capitalização Contingente (ACC), foram os contribuintes que tiveram de pagar ao NB.
Comentários