PremiumGoverno quer reduzir IRS a jovens que saiam de casa dos pais

Executivo prepara medidas para diminuir o IRS daqueles que saem de casa dos pais pela primeira vez através do reforço de deduções fiscais.

O Governo admite baixar o IRS aos jovens que saem de casa dos pais pela primeira vez durante um período de tempo de dois ou três anos. Os contornos da medida ainda estão a ser finalizados, com vista a serem incluídos no próximo Orçamento do Estado (OE2020)e as hipóteses que estão em cima da mesa para concretização do alívio fiscal dos jovens passam por aumentos das deduções específicas ou deduções acrescidas nos primeiros anos de autonomia fiscal.

“O foco desta medida é a autonomização dos jovens comprovável com determinados critérios, por exemplo a residência fiscal ou o momento em que o jovem sai do agregado familiar”, avançou ao Jornal Económico fonte próxima ao Executivo de António Costa, acrescentando que o desenho da medida equacionada pelo Governo ainda não está fechado.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumOrçamento de longo prazo da União Europeia continua num impasse

Líderes europeus discutem em Bruxelas a dotação de verbas do próximo quadro plurianual, mas ‘Amigos da Coesão’ e ‘contribuintes líquidos’ só concordam em discordar da proposta apresentada por Charles Michel.

Covid-19: Economia da China poderá retomar normalidade no segundo trimestre, diz diretora do FMI

Segundo a diretora-geral do FMI, em janeiro foi projetado “um crescimento global de 2,9%, no ano passado, para 3,3% neste ano. Desde então, o Covid-19 – uma emergência de saúde global – interrompeu as atividades [económicas] na China”.

ISV: Fisco ‘perde’ recurso por ausência de respostas ao Constitucional

Na origem deste recurso esteve um processo, que correu no Centro de Arbitragem Administrativa (CAAD), movido por um contribuinte que reclamava da forma como foi aplicado o Imposto Sobre Veículos (ISV) num carro usado importado de outro país da União Europeia.
Comentários