Grupo EDP e BCP castigam PSI-20 em dia de ganhos nas bolsas europeias

A EDP Renováveis lidera as perdas, recuando 2,45% para 17,50 euros, enquanto que a EDP desvaloriza 1% para 4,76 euros.

Daniel Munoz/Reuters

O principal índice bolsista português prossegue a primeira sessão desta semana a negociar em baixa, depois de ter arrancado a manhã a subir 0,18%. Agora, graças aos deslizes do Grupo EDP e do BCP, o PSI-20 cai 0,23% para 4.837,83 pontos.

A praça portuguesa está também a ser castigada pela perda de 0,86% para 0,1154 cêntimos do Banco Comercial Português.

Também a Corticeira Amorim segue a linha vermelha, recuando 0,93% para 10,64 euros enquanto que a Pharol perde 0,99% para 0,1200
euros.

“No exterior a Flutter Entertainment é o título que mais sobe no universo Stoxx600, após notas apontarem que a empresa considera um spinoff e um IPO para a sua unidade FanDuel”, escreve Ramiro Loureiro, analista de mercados do BCP investment banking. A praça europeia sobe 0,40% para 424,76 pontos, enquanto que o Euro Stoxx 50 ganha 0,30% para 3.845,05 pontos.

Danone segue igualmente animada, valorizando mais de 4%, depois do board ter decidido suspender as funções do CEO, impulsionando o CAC 40 em o,28% para 6.063,19 pontos.

Na vizinha Espanha, o IBEX segue a tendência ganhando 0,63% para 8.699,00 pontos, à semelhança do DAX, em Frankfurt, que salta 0,11% para 14.517,65 pontos. Fora das principais praças da União Europeia, o FTSE 100 acompanha, subindo 0,26% para 6.779,12 pontos.

Ler mais

Recomendadas

PSI-20 em ligeira queda contrasta com restantes praças europeias

O índice lisboeta terminou o dia quase sem variação, ao contrário da maioria das bolsas europeias, que avançaram num dia marcado por mais indicadores económicos que garantem algum otimismo na Europa.

Dow Jones volta a abrir no ‘verde’ após recorde da última sessão

A Etsy cai 2,06%, para 184,57 dólares, na sequência de ter reportado os resultados. As receitas da empresa liderada por Josh Silverman superaram as estimativas dos analistas, fixando-se em 551 milhões de dólares, mas o relatório e contas alerta que a venda de produtos na plataforma deverá cair.

Banco de Inglaterra mantém taxas de juro e sobe perspetiva de crescimento em 2021 para 7,25% (com áudio)

O banco central de uma das economias mais afetadas pela Covid-19 em 2020 mostrou-se otimista quanto à performance este ano, dada a evolução do programa de vacinação que tem levado a uma situação pandémica mais controlada.
Comentários