Grupo José de Mello promove encontro com 37 startups europeias

Houve 125 ‘startups’ candidatas a esta iniciativa, provenientres das áreas da mobilidade, saúde e envelhecimento.

O Grupo José de Mello vai promover, nos próximos dias 17 e 18 de março, em parceria com o European Innovation Council (EIC), estrutura da Comissão Europeia para a promoção da inovação, o evento ‘EIC Procurers Day’, dirigido à comunidade europeia das ‘startups’ das áreas da mobilidade, saúde e envelhecimento.

“O ‘EIC Procurers Day powered by José de Mello Group’ recebeu a candidatura de 125 ‘startups’, de 23 países, tendo sido selecionadas 37 de 17 países pelas equipas de inovação da Brisa, CUF e José de Mello Residências e Serviços. Serão estas ‘startups’ que, durante dois dias, vão partilhar as suas ideias e soluções e participar em reuniões individuais com as três empresas do Grupo José de Mello”, revela um  comunicado do grupo.

Segundo o documento em questão, “esta iniciativa do EIC visa acelerar a entrada de ‘startups’ no mercado, aproximando-as de grandes empresas para que explorem potenciais parcerias, tal como sucede com o ‘Grow’, criado em 2017 com o propósito de reforçar a ligação das empresas do Grupo José de Mello ao ecossistema de ‘startups’, com o objetivo de apoiar e acelerar o desenvolvimento de tecnologias inovadoras”.

Salvador de Mello, presidente executivo do Grupo José de Mello, considera que “esta é uma oportunidade única para conhecermos algumas das ‘startups’ mais disruptivas da Europa”.

“A inovação é um dos nossos valores e estas iniciativas permitem prosseguir, e reforçar, o compromisso do Grupo José de Mello de contribuir para o crescimento e desenvolvimento sustentável das comunidades onde opera. As sinergias que surgem nestes eventos fomentam a partilha de conhecimento, contribuem para o crescimento das ‘startups’ e para a introdução de tecnologias inovadoras nos nossos negócios”, defende este responsável.

Recomendadas

Governo garante verbas de apoio aos transportes coletivos da Área Metropolitana do Porto

Apesar de o prazo para apresentação dos relatórios relativos ao segundo trimestre de 2021 ter terminado a 31 de julho, O Ministério do Ambiente garante que as Áreas Metropolitanas e Comunidades Intermunicipais que pretendam proceder à retificação ou alteração dos pedidos já formulados poderão ainda fazê-lo até ao dia 15 de agosto.

SATA é a única concorrente à concessão das rotas interilhas nos Açores

Caberá ao júri analisar a proposta apresentada pela SATA e submeter ao secretário Regional dos Transportes, Turismo e Energia, Mário Mota Borges, um “relatório fundamentado para efeitos de adjudicação”.

Groundforce diz que TAP lhe deve 2,5 milhões por voos noturnos. Companhia aérea discorda

Entre julho de 2017 e dezembro de 2018, a empresa diz ter faturado à TAP o valor total de 1.446.706,29 euros, pelas assistências de voos que não estavam previstos em horário de ‘night curfew’ e que acabaram por ser assistidos naquele período.
Comentários