Grupo Sousa renova frota para Cabo Verde com maior porta-contentor de sempre

A Empresa de Navegação Madeirense (ENM), do Grupo Sousa, acaba de comprar o maior navio porta-contentores de um armador português e que vai operar na linha marítima entre Portugal, Cabo Verde, Marrocos, Canárias e Guiné-Bissau.

O registo da embarcação (ex Windhoek) aconteceu esta quarta-feira, 7, no Registo Internacional de Navios da Madeira, informa o Grupo Sousa no seu site oficial. O navio ‘Raquel S’ – construído no Japão em 2009, pode transportar até 1.577 contentores de 20 pés, tem 172 metros de comprimento, 27,6m de boca, 9,51 m de calado, 17.280 tons de tonelagem bruta (GT) e desloca 21.443 tons (DWT) – é “o maior e mais moderno navio porta-contentores detido por armadores nacionais e será operado pela PCI-Portusline Containers International, do Grupo Sousa, na linha marítima entre Portugal, Marrocos, Canárias, Cabo Verde e Guiné-Bissau”, informa .
O novo porta-contentores do Grupo Sousa será comandado por Rui Quental e terá uma tripulação de 20 elementos. A viagem inaugural acontecerá nos próximos dias com destino a Tanger.
De acordo com o armador, o Raquel S “vem, assim, reforçar a frota de navios próprios do Grupo Sousa, composta pelos porta-contentores ‘Laura S’ e ‘Funchalense 5’, e pelo ferry ‘Lobo Marinho’. Para além destes 4 navios próprios, o Grupo Sousa opera ainda mais 4 navios afretados, totalizando, assim, 8 navios sob a sua gestão.
Esta aquisição acontece depois de o armador português ter adquirido, em Agosto passado, 75% da transitária Marmod, empresa que também opera em Cabo Verde e onde, segundo reportou hoje o Económico Madeira, o Grupo Sousa está em vias de passar a gerir as operações nos quatro principais portos do arquipélago.
Foto: Grupo Sousa
Relacionadas

Grupo Sousa compra 75% da empresa transitária Marmod

A Marmod adquirida pelo operador madeirense tem ligações a vários mercados internacionais. Entre eles, Cabo Verde, país onde foi divulgada a possibilidade de o Grupo Sousa vir a gerir as operações portuárias.
Recomendadas

Cabo Verde está entre os três únicos países de África com melhoria na governança

O Relatório do Banco Mundial aponta que Cabo Verde está entre os três únicos países de África com melhoria na governança.

Governo confirma Icelandair como parceira na privatização da Cabo Verde Airlines

As duas partes vão agora iniciar negociações para a aquisição de até 51 por cento do capital da companhia aérea cabo-verdiana.

Governo de São Vicente quer empresas certificadas na norma de gestão ambiental

As informações foram avançadas pelo presidente do IGQPI, Abraão Lopes, que ministra a formação em São Vicente, iniciada hoje, em parceria com a Direcção Regional de Indústria, Comércio e Energia Norte (DRICEN).
Comentários