Há 23 surtos de Covid-19 nas escolas, revela DGS

Em Lisboa e Vale do Tejo registam-se 12. “Há familiares doentes e parece que a transmissão ocorreu mais dos familiares para as crianças do que ao contrário. Noutras vezes os casos positivos são funcionários e, portanto, vêm da comunidade”, explicou a diretora geral de Saúde.

Lusa

A diretora geral de Saúde disse esta quarta-feira que há, neste momento, 23 surtos de Covid-19 nas escolas em Portugal, com 136 casos de infeção entre alunos, professores e funcionários. O maior foco destes contágios encontra-se na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se contabilizam doze, seguindo-se sete no Norte, três no Centro e um no Algarve.

“Relativamente ao impacto que terá havido da abertura das escola na difusão da epidemia, ainda não é claro. O que se encontra nos inquéritos epidemiológicos muitas vezes é que há familiares doentes e parece que a transmissão ocorreu mais dos familiares para as crianças do que ao contrário. Noutras vezes os casos positivos são funcionários e, portanto, vêm da comunidade”, afirmou Graça Freitas, em conferência de imprensa.

A responsável da Direção-Geral da Saúde (DGS) considera que a situação, na generalidade do país, está controlada. Graça Freitas reforçou ainda a ideia de que “quanto mais organizada por bolhas, por setores, por aulas a escola estiver mais fácil é manter os alunos na escola e enviar para vigilância em domicilio o mínimo possível de pessoas”. “Apelo às escolas que segreguem ao máximo os alunos e as suas atividades para que, se houver um caso não tenham que ir todos para casa”, referiu, em declarações aos jornalistas.

Desde o início da pandemia, Portugal regista um total de 81.256 casos confirmados de Covid-19, sendo que se contabilizaram mais 944 nas últimas 24 horas, segundo o mais recente boletim epidemiológico da DGS. O número de vítimas mortais do novo coronavírus no país aumentou para 2.040 pessoas, o que corresponde a mais oito óbitos mortais em relação a ontem.

Relacionadas

“Aumento de casos não surpreende quando consideramos o retomar progressivo”, explica Diogo Serras Lopes

O secretário de Estado da Saúde referiu que este continua a ser um contexto novo em que todos os dias significam uma nova aprendizagem. “O crescimento do número de casos não está a a implicar a utilização igual ou maior dos serviços hospitalar do que o que assistimos nos meses de abril e maio”, disse.

Portugal regista mais 944 casos e oito mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

As autoridades sanitárias contabilizaram mais 325 altas nas últimas 24 horas, elevando para 51.037 o número total de pessoas livres do vírus.
Recomendadas

Rede Nacional de Expressos reforça ligações em todo o território nacional

Os responsáveis da empresa criticam o facto de Portugal ser atualmente “o único país da União Europeia com este constrangimento de dois terços da lotação do transporte rodoviário, divergindo dos procedimentos europeus e criando dificuldades logísticas e financeiras ao nível do transporte nacional e internacional”.

Regulador europeu reconhece ligação entre vacina da Johnson & Johnson e formação de coágulos sanguíneos

A Agência Europeia do Medicamento concluiu que há uma possível relação entre a formação de coágulos sanguíneos e a administração da vacina da Janssen. Ainda assim, o regulador frisa que os benefícios são superiores aos riscos e que os casos reportados são “muito raros”.

França é o primeiro país da UE a avançar com testes ao certificado digital de vacinação

Caso os ensaios corram bem, o sistema poderá ser adotado para permitir a entrada em eventos ao ar livre, nomeadamente, concertos, festivais e até feiras. Bruxelas espera ter o documento disponível para toda a Europa partir de 21 de junho.
Comentários