História e Geografia podem passar a disciplinas semestrais

O Ministério da Educação está a estudar a hipótese de alterar disciplinas que atualmente são anuais, transformando-as em semestrais.

O Ministério da Educação está a estudar a hipótese de alterar disciplinas que atualmente são anuais, transformando-as em semestrais, no ensino básico e no secundário. Entre as unidades curriculares que podem vir a tornar-se semestrais estão a História e a Geografia do 3º ciclo.

“História e Geografia só têm dois ou três tempos por semana e os professores chegam a ter 11 turmas, cerca de 300 alunos. Concentrando cada disciplina num semestre, o professor passaria a ter metade dos alunos em cada semestre e pedagogicamente seria bom”, esclarece ao “Correio da Manhã” o presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas, Filinto Lima.

De acordo com o CM desta terça-feira, o intuito é concentrar mais a carga horária e reduzir o número de alunos por docente em cada semestre. “Testar e ver se é possível” é o que João Costa, secretário de Estado da Educação, disse sobre o tema, no Parlamento, esta semana.

Recomendadas

Livro: “Finisterra. Paisagem e povoamento”

Uma das maiores vozes do Neorrealismo, Carlos de Oliveira, deixa-nos uma espécie de cartografia imaginária, como lhe chamou Herberto Helder, nesta “Finisterra”.

A vida, a carreira e a luta do DJ Magazino. “Já fui muito feliz na cabina e na pista de dança”

Após 20 meses de luta contra o cancro, onde também enfrentou a Covid-19, o DJ português lança o livro “Ao vivo”. Mas a “festa continua” este sábado, indo atuar pela primeira vez em quase dois anos.

‘Hackers’ roubaram carteiras de criptomoedas neste ‘marketplace’ de NFT

A vulnerabilidade era aproveitada pelos hackers com o envio de um NFT malicioso o comprador.
Comentários