Homem de Hong Kong é o primeiro caso documentado de reinfeção por coronavírus

Depois de ter contraído a doença em abril, o homem testou agora positivo para um vírus com genoma diferente do que o havia infetado há uns meses, confirmando o primeiro caso confirmado de reinfeção pela doença.

Cientistas de Hong Kong reportaram um caso confirmado de reinfeção por coronavírus no território. Um homem de 33 anos terá contraído novamente a doença depois de ter estado infetado há mais de 4 meses, indicam os investigadores da Universidade de Hong Kong.

Apesar desta descoberta levantar dúvidas sobre a teoria de imunidade de grupo, ou a capacidade de resistência das populações pelo contato de uma percentagem significativa das mesmas com o vírus, a Organização Mundial de Saúde veio já pedir que não se tirem conclusões precipitadas.

Alguns especialistas dizem mesmo não ser surpreendente que, em milhões de casos confirmados de infeção, um tenho sido infetado mais do que uma vez.

O homem em causa terá sido hospitalizado durante 14 dias em abril, mas voltou a testar positivo num controlo de aeroporto depois de viajar de Espanha via Reino Unido, reporta a Al-Jazeera. Em declarações à Reuters, um dos investigadores de Hong Kong confirmou, no entanto, tratar-se de uma mutação diferente do vírus que terá infetado primeiramente o homem, já que o genoma é claramente distinto.

Recomendadas

Covid-19: Estados Unidos ultrapassam os 13,5 milhões de casos

Os Estados Unidos têm 13.525.889 infetados e 267.888 mortes por covid-19.

“Em matéria de tributação sobre o consumo, este OE tem pouco sabor”, realça Amílcar Nunes, Associate Partner da EY

Amílcar Nunes, Associate Partner da EY, especialista em impostos indiretos analisou na conferência JE/EY sobre o OE2021 a questão da tributação sobre o consumo.

“Daqui a um ou dois dias alguém vai cair”. Movimento “A Pão e Água” pede tributação reduzida pela metade

Reunidos em circulo, com dois aquecedores a meio e sentados, assim permanecem os participantes da greve de fome enquanto aguardam pela ajuda do Governo. “Parece um reality show, tem sido difícil”, confessou ao JE Ljubomir Stanisic reforçando que “emocionalmente temos altos e baixos como tudo, tem sido duro”.
Comentários