Iberdrola inicia desvio do rio Tâmega para a construção da barragem de Alto Tâmega

O desvio utiliza uma galeria de 250 metros escavada na rocha e revestida a betão, na margem esquerda do rio Tâmega, diz a eletrica. O maior complexo de barragens do país está a cargo da Iberdrola.

A Iberdrola deu início ao desvio do rio Tâmega, na localidade de Parada de Monteiros, de acordo com o previsto no programa de construção do Aproveitamento Hidroelétrico do Alto Tâmega, um dos três aproveitamentos que constituem o Sistema Eletroprodutor do Tâmega, anuncia em comunicado a empresas espanhola.

Segundo o comunicado, “o sistema de desvio é constituído por uma barragem “ensecadeira” de montante em betão com cerca de 18 metros de altura, que conduz a água para o túnel, um túnel que tem um comprimento de 250 metros e 7 metros de diâmetro, e, finalmente, uma barragem “ensecadeira” de jusante em aterro com cerca de 7,5 metros de altura, para fechar o trecho do rio que ficará disponível para os trabalhos de execução da barragem e da central”.

“Esta é uma fase fundamental do projeto, da qual dependem os avanços do trabalho da barragem e da central hidroelétrica em toda a zona do leito do rio”, revela a Iberdrola.

As escavações do túnel foram iniciadas em maio de 2017.

“Após a sua entrada em funcionamento no dia 10 de outubro de 2018, o túnel de desvio irá manter-se operativo até à finalização dos trabalhos de construção da barragem e início do enchimento da albufeira de Alto Tâmega, previsto para o segundo semestre de 2021”, assegura a empresa.

Esta empreitada de construção da barragem de Alto Tâmega está a ser levada a cabo pelo Agrupamento Complementar de Empresas Mota-Engil/Acciona/ Edivisa – Obras do Aproveitamento Hidroeléctrico de Alto Tâmega, A.C.E.

“Toda esta operação de logística de desvio do caudal do rio envolve uma rigorosa monitorização ambiental, bem como uma aplicação cuidada de medidas de minimização, levadas a cabo por uma equipa de biólogos das empresas Biosfera e Ecovisão”, revela a empresa. A barragem de Alto Tâmega terá uma altura de 106,5 metros, uma altura semelhante à do Santuário Nacional de Cristo Rei (Mafra), com uma central a pé da barragem com uma potência total de 160 MW.

Recorde-se que o sistema electroprodutor do Tâmega está a ser desenvolvido pela Iberdrola e deve começar a produzir energia daqui a três anos.  O investimento previsto é de 1.200 milhões de euros, centrando-se a maior parte do investimento no período 2018-2020.  Iberdrola

O complexo do Tâmega, que se situa em Trás-os-Montes é o maior projecto hidroeléctrico construído no país nos últimos anos e o maior na Europa em 25 anos. É o maior complexo de barragens e contempla a construção de três barragens – Alto Tâmega, Daivões e Gouvães – e contará com uma potência instalada de 1.158 MW e com uma capacidade estimada de produção anual de 1.766 GWh, ou seja, cerca de 4% do consumo elétrico do país.

“Com um investimento de mais de 1.500 milhões de euros, a construção do Sistema Eletroprodutor do Tâmega está a dinamizar a economia na região, principalmente nos municípios mais envolvidos no projeto como Ribeira de Pena, Vila Pouca de Aguiar, Cabeceiras de Basto, Chaves, Boticas, Valpaços e Montalegre”, adianta  Iberdrola.

 

Ler mais
Recomendadas
pedro-pardal-henriques

Motoristas avançam com greve ao trabalho suplementar no início de setembro

O sindicato dos motoristas de matérias perigosas vai entregar hoje o pré-aviso de greve ao trabalho suplementar, após não chegarem a acordo com os patrões. “O único regime em que as pessoas podem fazer trabalho suplementar sem receberem é a Coreia do Norte”, disse Pardal Henriques.

Adivinhar o futuro

É necessário o relançamento de uma política fiscal que favoreça a atividade empresarial, sobretudo que permita o incremento da competitividade.

Dividir Google, Amazon, Facebook, Apple e Microsoft: o Oriente agradece

Atualmente, quando se pensa na divisão das megaempresas para ganhar terreno no plano concorrencial, não se pode pensar apenas no plano económico, também importa pensar no plano geopolítico.
Comentários