IGCP anuncia dois leilões de dívida para 21 de agosto

Leilões vão ser efetuados com montante indicativo global entre os 750 milhões e os 1000 milhões de euros.

Portugal vai ao mercado na próxima quarta-feira, dia 21, para emitir até 1.000 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro (BT) a três e a 11 meses, informou hoje o IGCP.

“O IGCP, E.P.E. vai realizar no próximo dia 21 de agosto pelas 10:30 horas dois leilões das linhas de BT com maturidades em novembro de 2019 (BT 22NOV2019) e em julho de 2020 (BT 17JUL2020)”, informou hoje a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP).

Segundo a entidade liderada por Cristina Casalinho, os dois leilões têm um montante indicativo global entre 750 milhões e 1.000 milhões de euros.

No último leilão comparável, em 19 de junho, Portugal colocou 1.250 milhões de euros, montante máximo anunciado, em BT a três e a 11 meses, a taxas de juro ainda mais negativas nos dois prazos.

De acordo com a página do IGCP na agência Bloomberg, a 11 meses foram colocados 1.000 milhões de euros em BT à taxa de juro média de -0,395%, mais negativa do que a registada em 17 de abril, quando foram colocados 950 milhões de euros a -0,368%.

A três meses foram colocados, também em 19 de junho, 250 milhões de euros em BT à taxa média de -0,425%, mais negativa do que a verificada em 17 de abril, quando foram colocados 300 milhões de euros a -0,415%.

A procura atingiu 1.705 milhões de euros para os BT a 11 meses, 1,71 vezes superior ao montante colocado, e 775 milhões de euros para os BT a três meses, 3,10 vezes o montante colocado.

 

Ler mais
Recomendadas

BCP põe Bolsa de Lisboa a divergir da subida dos mercados da Europa

O BCP foi o pior ‘performer’ da sessão contrariando a performance dos pares europeus. As ações do banco em Portugal foram contagiadas pela queda do Millennium Bank na Polónia. A sessão acabou por ser positiva para a maioria dos principais índices de ações europeus.

Banco central da China corta nas taxas de juro e anima Wall Street

No início da sessão desta sexta-feira, o S&P 500 cresce 0,30%, para 3.015,60 pontos, o tecnológico Nasdaq valoriza 0,47%, para 8.215,67 pontos e o industrial Dow Jones sobe 0,25%, para 27.214,03 pontos.

PSI 20 em terreno negativo penalizado pela F. Ramada e Jerónimo Martins

Praça lisboeta abriu a sessão desta sexta-feira a cair 0,40%, para 5.019,57 pontos. Sinal vermelho estende-se às praças europeias.
Comentários