Igreja quer transformar antigos seminários em residências universitárias

Segundo o secretário de Estado do Ensino Superior, o objetivo é dar resposta “imediata e robusta, logo no início do próximo ano letivo”, revelando a impossibilidade de ter 12 mil camas novas já em setembro.

Depois do plano de transformação das prisões, a Igreja parece demonstrar interesse em transformar antigos seminários em residências universitárias, segundo avança o “Jornal de Notícias” (JN) esta quinta-feira.

De acordo com o mesmo jornal, o Ministério da Ciência e Ensino Superior está a sondar todas as dioceses sobre a possibilidade de forma a que estas coloquem camas no mercado de arrendamento. A medida parece estar a gerar satisfação entre a Igreja, sendo que há dioceses interessadas em reabilitar edifícios ao abrigo do Fundo de Reabilitação.

O JN refere que João Sobrinho Teixeira, secretário de Estado do Ensino Superior, já se reuniu com o cardeal-patriarca de Lisboa, mas também com os bispos do Porto, Aveiro e Lamego, tendo também encontro marcado com o bispo de Leiria-Fátima. Ao jornal, João Sobrinho Teixeira revelou que estão a contactar para ver a disponibilidade de camas.

Segundo o mesmo governante, o objetivo é dar resposta “imediata e robusta, logo no início do próximo ano letivo”, revelando a impossibilidade de ter 12 mil camas novas já em setembro. O responsável admitiu que as dioceses apresentam uma “especial relevância”, uma vez que “Têm um grande património imobiliário”.

O valor de referência continua a ser os 130 euros no interior do país e entre 220 e 250 euros nos centros urbanos. O complemento de alojamento vai ainda aumentar 40%, sendo entregue apenas aos “estudantes bolseiros que não têm lugar nas residências das suas instituições”.

Relacionadas

Antigo edifício do Ministério da Educação vai ser entregue para alojamento de estudantes

O Governo promove esta segunda-feira a entrega simbólica do antigo edifício do Ministério da Educação, na avenida 5 de Outubro, em Lisboa, para o Plano Nacional de Alojamento para o Ensino Superior (PNAES).

Lisboa fica com 60% das 11.500 novas camas para universitários

O Plano Nacional de Alojamento Estudantil prevê reabilitação de mais de 250 imóveis que irão receber alunos do ensino superior.

Estado vai transformar edíficios públicos em residências universitárias

O Governo edificou perto de duas dezenas de edifício públicos abandonados que poderão ser transformados em residências universitárias, no âmbitos do Plano Nacional de Alojamento do Ensino Superior (PNAES).
Recomendadas

Vodafone lança nova plataforma TV e box 4K

A Vodafone TV é o primeiro produto da operadora de telecomunicações de origem britânica a sair do Vodafone TV Hub de Lisboa, criado em outubro de 2016.

Piloto da TAP morre em hotel na Alemanha

Duarte Pato, com 38 anos e de Coimbra, tinha um historial de problemas cardíacos.

Preços na produção industrial diminuíram 0,2% no segundo trimestre

No segundo trimestre de 2019, a taxa de variação homóloga deste índice situou-se em 0,9%, com uma variação de 1,1% no primeiro trimestre.
Comentários