Ilha do Sal foi a mais procurada pelos turistas em Cabo Verde no terceiro trimestre

O Reino Unido continua sendo o principal mercado emissor de turistas, neste trimestre, com 25,1%, do total das entradas, seguindo-se Portugal, Alemanha, Holanda e França.

Os dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE) de Cabo Verde revelam que o Sal foi a ilha mais procurada pelos turistas no terceiro trimestre de 2019, representando cerca de 53% das dormidas, seguida da Boa Vista com 38,2% e, Santiago 4,6%.

O Reino Unido continua sendo o principal mercado emissor de turistas, neste trimestre, com 25,1%, do total das entradas, seguindo-se Portugal, Alemanha, Holanda e França.

A maioria dos turistas provenientes do Reino Unido preferiu como destino as ilhas do Sal e da Boa Vista representando, respetivamente, 46,9% e 52,5% das dormidas por eles realizadas e escolheram como local de acolhimento os hotéis, 96,6% das dormidas.

Os números também apontam que os visitantes provenientes do Reino Unido foram os que permaneceram mais tempo no país, com uma estadia média de 8,9 noites.

A seguir estão os provenientes da Alemanha e de Países Baixos, com 8,1 e 7,1 noites, pela mesma ordem, enquanto os cabo-verdianos residentes permaneceram, em média, 2,9 noites, nos estabelecimentos hoteleiros.

Analisando o gráfico deste trimestre, tudo aponta que o número de hóspedes no país aumentou 6,8%, face ao trimestre homólogo, as dormidas cresceram 1,9%, relativamente ao mesmo período do ano 2018, tendo a ilha do Sal sido a mais procurada pelos turistas, representando cerca de 53%, das dormidas, nos estabelecimentos hoteleiros.

Registos do INE explicam ainda que em média, a taxa de ocupação-cama a nível geral, foi de 53%, contra os 52% registados no trimestre homólogo, sendo os hotéis os estabelecimentos com maior taxa de ocupação – cama, 62%, seguindo-se os aldeamentos turísticos com 28%, contra 18% das pensões.

Em termos absolutos, no terceiro trimestre de 2019, face ao mesmo período do ano 2018, entraram nos estabelecimentos hoteleiros mais 11.498 turistas, originando mais 23.003 dormidas do que no trimestre homólogo.

Os hotéis continuam sendo os estabelecimentos hoteleiros mais procurados, representando 89,1% do total das entradas, seguem-se as pensões com 3,7%, as residenciais e os aldeamentos turísticos com 2,7% e 2,6% respetivamente.

Ler mais
Recomendadas

Maior apreensão de droga em Cabo Verde vai a julgamento a 27 de janeiro

O caso remonta a janeiro do ano passado, quando 11 cidadãos de nacionalidade russa foram detidos a bordo de um navio no Porto da Praia com 9.570 quilogramas de cocaína em “elevado grau de pureza”, incinerada pelas autoridades dias depois.

Funeral do estudante cabo-verdiano que morreu em Bragança realiza-se hoje

A Polícia Judiciária está a investigar a morte de Luís Giovani, que estudava no Instituto Politécnico de Bragança, cujos contornos ainda não são claros.

Presidente de Cabo Verde considera Moçambique referência democrática na CPLP

O Presidente cabo-verdiano defendeu que seria desejável que os resultados das eleições gerais fossem aceites por todas as forças políticas.
Comentários