INE revê ligeiramente em baixa inflação para 0,1% em junho

Já a variação mensal do IPC foi de 0,9%, quando em maio se fixou em -0,4% e nula em junho de 2019. A variação média nos últimos doze meses de 0,1%, uma taxa idêntica à registada no mês anterior, indica o gabinete estatístico nacional.

A taxa de variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) terá sido de 0,1% em junho de 2020, uma taxa superior em 0,8 pontos percentuais (p.p.) ao registado em maio, revelam as estimativas do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgadas esta sexta-feira, 10 de julho.

A previsão inicial do organismo de estatística apontava para uma subida de 0,2%, o que significa que o organismo de estatística reviu em baixa a percentagem.

O indicador de inflação subjacente (índice total excluindo produtos alimentares não transformados e energéticos) registou, de acordo com o INE, “uma variação homóloga de 0,2%, taxa superior em 0,6 p.p. à registada em maio”. A taxa de variação homóloga do índice relativo aos produtos energéticos apresentou uma diminuição para os -7,4%, quando em maio esta foi de -10,9%, enquanto o “agregado relativo aos produtos alimentares não transformados registou uma variação homóloga de 5,2% em junho”, quando tinha sido de 5% no mês anterior.

Já a variação mensal do IPC foi de 0,9%, quando em maio se fixou em -0,4% e nula em junho de 2019. A variação média nos últimos doze meses de 0,1%, uma taxa idêntica à registada no mês anterior, indica o gabinete estatístico nacional.

Por último, o Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português registou uma variação homóloga de 0,2%, numa taxa superior em 0,8 p.p. à do mês de maio e inferior em 0,1 p.p. à estimativa do Eurostat para a zona euros, sendo que em maio deste ano a diferença foi de 0,7 p.p. Por sua vez, o IHPC registou uma variação mensal de 1,2% e uma variação média do último ano nula.

Recomendadas

PIB espanhol teve queda histórica de 17,8% no segundo trimestre

O Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol reduziu esta quarta-feira em sete décimas, para 17,8%, a queda homóloga do PIB do país no segundo trimestre do ano, que tinha sido antecipado a 31 de julho passado.

Presidência portuguesa da União Europeia contrata Fundação Mário Soares por 25 mil euros

Contrato prevê uma exposição física sobre o antigo Presidente da República, formatos digitais e um livro sobre o percurso de Portugal na Comunidade Económica Europeia e na União Europeia.

Plano 2020/2030: Parlamento debate hoje Plano de Recuperação e Resiliência

O parlamento debate hoje o Plano de Recuperação e Resiliência, cujas linhas gerais foram apresentadas na segunda-feira aos partidos e mereceram críticas da esquerda à direita, mas as forças políticas mostraram-se disponíveis para dar contributos.
Comentários