Infarmed proíbe entrada no mercado de teste rápido de autodiagnóstico HIV

Trata-se do teste do fabricante chinês Zhuhai Encode Medical Engeneering.

O Infarmed revelou esta quarta-feira que proibiu a colocação no mercado do teste rápido de autodiagnóstico HIV do fabricante chinês Zhuhai Encode Medical Engeneering por falta de conformidade com a diretiva europeia.

Apesar de este dispositivo médico não estar à venda em Portugal, o Infarmed frisa que existe livre circulação de produtos no Espaço Económico Europeu e que o produto, que não apresentava a marcação CE, era vendido na internet.

Além de recomendar que este produto não seja usado, o Infarmed solicita ainda que a existência deste teste rápido seja reportada à direção de produtos de saúde do regulador.

A falha foi detetada no âmbito de uma fiscalização da autoridade sueca competente.

Recomendadas

Renegociar o crédito: o que deve saber

A “renegociação por incumprimento” demonstra uma renegociação e/ou novo contrato de crédito com a instituição financeira, em consequência de dívidas/prestações em atraso ou consolidação de créditos detidos e que estavam em incumprimento.

Multa de trânsito? Saiba como reclamar

Se cometer uma contraordenação de trânsito, perde pontos, paga pela infração e arrisca-se a ficar sem carta. Mas, caso não concorde, pode contestar.

Como lidar com a tecnologia quando os filhos vão para a Universidade

Cerca de 39% dos pais portugueses, que ainda estão numa fase inicial no uso de tecnologias e que têm os seus filhos a estudar fora, admitem enfrentar algumas dificuldades no dia-a-dia.
Comentários