Inflação na Madeira está em -1%

Os produtos alimentares e bebidas não alcoólicas tiveram uma subida de 0,36%, os transportes e as comunicações desceram 2% e 3%, enquanto que a ‘habitação, água, eletricidade, gás e outros combustíveis’ manteve o mesmo valor.

Philimon Bulawayo/REUTERS

A inflação na Madeira, medida pelo Índice de Preços no Consumidor (IPC), em julho, fixou-se em -1%, menos 0,2% face ao mês anterior, em termos de variação média nos últimos 12 meses, dizem os dados da Direção Regional de Estatística (DREM).

A DREM refere que a ‘educação’ e o ‘lazer, recreação e cultura’ tiveram quebras de 4% e 3%, enquanto que os ‘restaurantes e hotéis’ e as ‘bebidas alcoólicas e tabaco’, tiveram um aumento de 1%.

O valor médio das rendas de habitação foi 0,2% superior face ao valor alcançado no mês anterior.

Os produtos alimentares e bebidas não alcoólicas tiveram uma subida de 0,36%, o ‘vestuário e calçado’, ‘transportes’, e ‘comunicações tiveram quebras de 3%, 2% e 3%, enquanto que a ‘habitação, água, eletricidade, gás e outros combustíveis’ manteve o mesmo valor.

Recomendadas

Funchal: Coligação PSD/CDS quer ajudar utentes em situação de carência e exclusão social

A Associação Protetora dos Pobres apoia utentes em situação de carência e exclusão social. Diariamente prepara  cerca de 300 refeições e assegura abrigo no centro de Acolhimento Noturno a mais de 30 utentes.

Saiba como pode poupar na eletricidade

Há que “agarrar” a mais pequena margem para poupar, pois poderá ser um alívio no orçamento mensal.

Madeira tem pela primeira vez corpo de inspetores das pescas

A inspeção das pescas vai trabalhar em colaboração com a GNR e a polícia marítima.
Comentários