Tudo por um ‘like’. Instagramers aproveitam motins nas ruas de Barcelona

Protestos violentos nas ruas catalãs serviam como fonte de inspiração de alguns influencers para obterem mais ‘likes’ nas suas contas do Instagram. Num momento de tensão nas ruas de Barcelona, as publicações foram criticadas por vários catalães.

Fonte: Instagram @Fitness_mama

No terceiro dia de protestos na Catalunha, os grupos radicais separatistas lançaram ações violentas contra a polícia catalã, transformando o centro da cidade espanhola num campo de batalha com várias avenidas cortadas e fogueiras em vários locais.

Na noite de quarta feira, foram detidos 20 manifestantes e ficaram registadas 52 pessoas feridas. Continua, assim, a escalada de tensões promovida pelo Tsunami Democrático, depois de ter sido anunciado a condenação dos líderes independentistas esta segunda-feira. Três dirigentes catalães, Roger Torrent, Oriol Junqueras e Carles Puigdemont pediram o fim dos distúrbios e da violência.

Enquanto isso, num universo paralelo e alheio à situação sangrenta nas ruas catalãs, houve quem aproveitasse o momento para posar diante das chamas.

É o caso de uma influencer que soma 715.8 mil seguidores no Instagram. A jovem russa à frente da conta @Fitness_Mama postou uma fotografia nas ruas de Catalunha com o objetivo de mostrar o caos que se espalham nas ruas de Barcelona. Na rede social, Elena Rybalchenko adicionou à descrição da foto: “BARCELONA IS ON FIRE [Barcelona está em chamas]”. Além da descrição, Rybalchenko acrescentou hashtags como #libertatpresospolitics (liberdade para os presos políticos) e #independenciacatalunya (independência da Catalunha).

Momentos depois da foto se ter tornado viral, choveram comentários a criticar a ‘influencer’, maioria deles vindos de catalães que se sentiram ofendidos. Um utilizador escreveu: “Mostra algum respeito pela nossa cidade, isto não se faz”, enquanto que outro comentou “não faças da violência uma coisa fixe. O fogo representa a revolta na nossa cidade. Podes espalhar a mensagem e informar as pessoas, mas para nós é um insulto posares para as câmaras dessa maneira”. Apesar das críticas, a fotografia tem atualmente mais de 8 mil gostos.

https://www.instagram.com/p/B3q44fUpqSk/

Porém Elena não foi a única que aproveitou o caos para ‘lucrar’ no Instagram.

https://www.instagram.com/p/B3rn2bHI6mU/?utm_source=ig_embed&utm_campaign=dlfix

View this post on Instagram

Barcelona crema. 15 d'octubre #barcelona

A post shared by oskar masalles (@oskar.masalles) on

 

Ler mais
Recomendadas

Teatros e cinemas podem reabrir com todas as filas ocupadas

O uso de máscara “será obrigatório” para o público e terá de haver “higienização dos espaços entre espetáculos ou sessões”, segundo o Governo.

Associação pede adiamento de reabertura de salas comercial de cinema para 2 de julho

Numa carta assinada pelo diretor-geral da FEVIP, António Paulo Santos, e endereçada ao primeiro-ministro, ao ministro da Economia, à ministra da Cultura e ao Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), a associação realça que “não há neste momento, nem se prevê que venha a haver, qualquer estreia de filmes nas primeiras três semanas de junho e os filmes da quarta semana não estão confirmados”.

“Estuário” – O derradeiro porto de abrigo

Neste livro a geografia insinua-se e sussurra-nos ‘Lisboa’ sem o dizer verdadeiramente. Lídia Jorge desnuda as agruras de uma família que regressa à casa paterna em busca de um porto de abrigo.
Comentários