À espera do primeiro filho? Siga estas dicas para poupar para a nova família

Portugal tem uma das taxas de natalidade mais baixas da União Europeia. Muitas são as despesas quando se tem filhos, pelo que poupar é essencial nesta fase da vida.

Muitas vezes, devido ao receio de não conseguir suportar os gastos que ter um filho implica, os jovens casais tendem a adiar a vinda de um novo membro na família. Por esse motivo, a taxa de natalidade tem decrescido drasticamente em Portugal. Reunimos neste infográfico o valor aproximado de todos os gastos que o nascimento de um bebé envolve para saber como poupar com a chegada do primeiro filho.

Como poupar com a chegada do primeiro filho?

Através de dicas muito simples poderá conseguir uma verdadeira poupança quando se trata de receber um novo membro na família. Compre apenas o essencial; o mundo dos bebés poderá deixá-la encantada, mas lembre-se que todos estes produtos são caros, por isso não se perca nas compras e tente evitar gastos desnecessários.

Existem inúmeras lojas onde pode comprar produtos destinados a bebés. Com decorações atrativas, preços elevados, tendências e produtos cada vez mais modernos, dão aos consumidores vontade de seguir a moda e comprar apenas porque as outras mães têm.

Ora, seguir as modas pode ser uma atividade apetecível e atraente, mas, no entanto, se o fizer pode vir a ter certos gastos que, avaliando devidamente e com cabeça, acaba por concluir que não precisa realmente.

Neste infográfico da nossa autoria, tentamos ajudar os pais de Portugal a poupar dinheiro em certos e determinados gastos relacionados com os filhos. Alimentação, vestuário, saúde e bem-estar, transportes e brinquedos são algumas das despesas que admitimos nas contas que fizemos. Vejamos então quanto custa a chegada de um rebento novo à família:

Ler mais
Relacionadas

Portugal teve a quarta taxa de natalidade mais baixa da União Europeia em 2018

Portugal teve, em 2018, a quarta taxa de natalidade mais baixa entre os Estados-membros da União Europeia (UE), registando também uma perda de população para 10,28 milhões de pessoas, segundo dados comunitários divulgados esta quarta-feira.

“O dinheiro não é infinito”. Finanças para crianças: 4 lições fundamentais

Ensinar a crianças como poderão gerir as suas finanças nem sempre é tarefa fácil. Deixamos-lhe algumas dicas de lições para abordar o tema.

Como proteger as crianças na internet: um guia para pais e filhos

Conheça algumas dicas de segurança para pais e filhos. Relação de confiança é um dos principais métodos de proteção.
Recomendadas

Máscaras são dedutíveis no IRS apenas com fatura à parte

Apenas as máscaras de proteção respiratória compradas nas farmácias não precisam de outro comprovativo além da fatura habitual.

Maioria das empresas mantém intenções de aumentar número de colaboradores em 2021

Apesar de se observar a intenção de diminuir o número de contratações face ao que foi perspetivado em 2020, altura em que 80% das empresas do sector dos centros de serviços partilhados antecipava um aumento no número de colaboradores, o estudo da consultora de recursos humanos indica que 56% das empresas ainda mantém essa intenção.

Portugal tem 21 “top employers”. Saiba que empresas se destacam pelas práticas de gestão de pessoas

O estudo, que inclui organizações de todos os sectores em 120 países, também permite traçar tendências na gestão de recursos humanos. A encabeçar as prioridades está a saúde e bem-estar, que surge, não só relativamente à pandemia, mas também no que respeita à saúde mental e equilíbrio emocional dos colaboradores.
Comentários