Inovação e talento na advocacia em debate. Assista à conferência do JE

Esta conferência tem a participação de Tiago Geraldo, advogado sénior da sociedade de advogados Morais Leitão; João Massano, presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados; e Paulo Cardoso do Amaral, professor da Universidade Católica Portuguesa.

O Jornal Económico (JE) transmite, esta quarta-feira, 22 de setembro, uma conferência sobre a inovação e o talento na advocacia, dois dos mais relevantes desafios que a classe e a atividade enfrentarão no pós-pandemia de Covid-19.

As necessidades provocadas pelas contingências do estado de exceção que temos vivido aceleraram os processos de digitalização, de forma generalizada, incluindo na advocacia, o que obrigou as organizações e os profissionais a adaptarem-se. Esta situação é visível, por exemplo, na utilização de ferramentas tecnológicas para comunicação, mas também nos atos processuais.

No entanto, paralelamente ao processo de digitalização, que consiste em levar para a esfera do digital o que já existe fora dela, corre outro, mais profundo, de transformação digital, passível de provocar alterações à própria atividade, permitindo novas formas de trabalhar, novos produtos e serviços e, também, implicando alterações no quadro jurídico.

Este é um primeiro desafio. Outro, com ligação também às transformações derivadas da introdução e do uso mais extensivo da tecnologia, mas sem se limitar a este movimento, é o desafio que a advocacia enfrenta da formação, não só para responder à digitalização – nas áreas de prática e nas realidades que constituem o seu objeto –, mas também à evolução contínua da atividade e à necessidade de uma cada vez maior especialização.

Esta análise está na patente no “Especial Sociedades de Advogados: Inovação e Talento”, publicado pelo JE e disponível em www.jornaleconomico.pt, em que foi reportado o trabalho que tem sido desenvolvido no sector e quais são as perspetivas de desenvolvimento que os agentes têm, numa altura que é entendia como de mudança global. Neste Especial, abordou-se a forma como as sociedades têm respondido aos desafios, com a aposta na formação in house – e através de programas taylor made -, com o recurso à tecnologia para obviar as dificuldades resultantes da pandemia e como preparam o futuro.

Estas questões são o ponto de partida para a reflexão que será feita na conferência sobre inovação e talento na advocacia, promovida pelo JE com o apoio da sociedade de advogados Morais Leitão, que contará com a participação de Tiago Geraldo, advogado sénior da sociedade de advogados Morais Leitão; João Massano, presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados; e Paulo Cardoso do Amaral, professor da Universidade Católica Portuguesa.

A conferência será transmitida a partir das 15h00, através da plataforma multimédia JE TV, em www.jornaleconomico.pt, e das contas do Jornal Económico nas principais redes sociais, e terá cerca de uma hora de duração.

Recomendadas

Premium“Infelizmente, OE continua a manter taxação de IVA para solicitadores, advogados e notários”

Bastonário lamenta que OE2022 mantenha taxação de IVA de atos jurídicos efetuados em concorrência com o Estado, o que é “muito lesiva” aos cidadãos. Teme ainda cobranças ilegais e quer sorteio de agentes de execução.

VdA lança livro sobre o futuro da tecnologia, da cultura e liderança

Paula Gomes Freire será a futura Managing Partner, substituindo no cargo João Vieira de Almeida em fevereiro de 2022.

Sociedade de advogados pbbr lança-se nos podcasts: “É uma forma de comunicação adaptável e dinâmica”

“Os advogados são, tradicionalmente, conservadores e prudentes nas transições, mas os escritórios têm de fazer essa transição digital também”, afirma o sócio Alexandre Jardim, um dos responsáveis pelo projeto, em declarações ao Jornal Económico.
Comentários