Instituto de Soldadura contratado por empresas japonesas na Arábia Saudita

Contratos podem chegar aos 800 mil euros e foram adjudicados pela Hitachi e JGC.

David M. Parrott/Reuters

O Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ) ganhou dois novos contratos adjudicados pelas empresas japonesas Hitachi e JGC, para o fornecimento de serviços nas áreas de RBI (Inspeção Baseada no Risco) e CMP (Planos de Gestão da Corrosão), nas suas unidades na Arábia Saudita.

Os contratos para esta novas refinarias no Médio Oriente, com duração até 2017, numa primeira fase atingem os 250 mil euros, podendo chegar a valores na ordem dos 800 mil euros.

Na área de RBI, o ISQ faz parte de uma ‘short list’ de seis empresas que em todo o Mundo estão qualificadas para a prestação deste tipo de serviço para a Aramco, a petrolífera saudita.

Recomendadas

Estados Unidos aplicam sanções a responsáveis políticos da Crimeia

Os Estados Unidos aplicaram sanções económicas a sete pessoas implicadas na organização, sob supervisão russa, das eleições na Crimeia, anexada ilegalmente por Moscovo, segundo o Departamento de Tesouro.

Não é um ‘addio’, é um ‘arriverdeci’. Despedida emocionada do presidente do Parlamento Europeu aos deputados britânicos

“Caros amigos britânicos, um ‘addio’ (adeus) italiano é uma palavra demasiado definitiva, por isso, junto com os meus colegas, direi apenas ‘arrivederci’ (até breve)”, afirmou o responsável transalpino. No final do debate e votação, foram vários os representantes britânicos que assinalaram a ocasião, tendo ecoado no hemiciclo a nostálgica canção tradicional do folclore britânico, com origem num poema escocês, “Auld Lang Syne”.

Building the Future. As pessoas são o maior desafio, diz Siza Vieira

O ministro da Economia revelou esta terça-feira que o Governo vai aprovar em breve a estratégia de transformação digital para o país.
Comentários