Invasão dos oceanos pelos plásticos ameaça estas cinco espécies

De caranguejos a baleias, bactérias a seres humanos, o plástico nos oceanos está a prejudicar toda a vida da cadeia alimentar. Estas são as principais vítimas.

A cada ano, pelo menos oito milhões de toneladas de plástico vão parar aos oceanos, o equivalente a um camião cheio de lixo a cada minuto. E as principais vítimas são os peixes, aves e espécies marinhas.

Segundo um relatório conduzido pela agência da ONU para o Meio Ambiente, 99% das aves marinhas terão ingerido plástico até 2050 e 600 espécies marinhas serão ameaçadas por toneladas de lixo no mar.

De acordo com o The Guardian, estas são as espécies marinhas mais ameaçadas pela poluição dos mares.

 

Recomendadas

António Costa saúda desconvocação da greve e avalia fim da crise energética amanhã

O primeiro-ministro visita na segunda-feira de manhã a Entidade Nacional para o Setor Energético para avaliar as condições para declarar o fim da crise energética e convocar o Conselho de Ministros para esse efeito.

Islândia recorda desaparecimento de glaciar e alerta para aquecimento global

A Islândia vai descerrar este domingo uma placa em memória do primeiro glaciar da ilha a perder essa denominação. Na placa estará a menção “415 ppm CO2”, em referência ao nível recorde de concentração de dióxido de carbono registado na atmosfera em maio passado.

Ilhas do Pacífico sem consenso nas medidas contra alterações climáticas devido à Austrália

Os líderes das 18 nações do Pacífico não chegaram a um acordo sobre a Declaração de Tuvalu, que havia sido produzida pelas nações de menor dimensão da região, tendo sido emitida a Declaração de Kaikani II, um texto que diminuiu o tom e os compromissos em relação ao fenómeno global das alterações climáticas.
Comentários