Invasão dos oceanos pelos plásticos ameaça estas cinco espécies

De caranguejos a baleias, bactérias a seres humanos, o plástico nos oceanos está a prejudicar toda a vida da cadeia alimentar. Estas são as principais vítimas.

A cada ano, pelo menos oito milhões de toneladas de plástico vão parar aos oceanos, o equivalente a um camião cheio de lixo a cada minuto. E as principais vítimas são os peixes, aves e espécies marinhas.

Segundo um relatório conduzido pela agência da ONU para o Meio Ambiente, 99% das aves marinhas terão ingerido plástico até 2050 e 600 espécies marinhas serão ameaçadas por toneladas de lixo no mar.

De acordo com o The Guardian, estas são as espécies marinhas mais ameaçadas pela poluição dos mares.

 

Recomendadas

Portugal é 19.º no mundo na transição para energias limpas

Portugal está em 19.º lugar, com uma pontuação de 64,2% (era 16.ª em 2019, com 65%), numa lista liderada pela Suécia, pelo terceiro ano consecutivo, seguindo-se Suíça e Finlândia.

EUA querem suspender atividade da Chevron na Venezuela

Os EUA só garantem a integridade dos ativos da Chevron na Venezuela até 1 de dezembro. O Tesouro norte-americano quer que a Chevron suspenda a sua atividade local, enquanto os EUA apertam o cerco a Nicolás Maduro. A Chevron não se mostrou disponível para sair da Venezuela, sabendo-se que os grupos russos e chineses estão interessados em desenvolver maiores atividades no petróleo venezuelano.

Imposto de 50 dólares por tonelada de CO2 pode triplicar incumprimento do crédito dos setores da energia e petróleo

Um estudo da Oliver Wyman concluiu que a introdução de uma taxa de imposto de 50 dólares por tonelada sobre as emissões de dióxido de carbono (CO2) das empresas que atuam nas indústrias da energia e do petróleo pode triplicar o seu risco de incumprimento do crédito.
Comentários