Irão anuncia captura de petroleiro britânico

Esta situação acontece no mesmo dia em Gibraltar estendeu por trinta dias o período de retenção do petroleiro iraniano Grace 1, retido há quase duas semanas neste território por suspeitas transporte de crude para a Síria.

A Guarda Revolucionária do Irão anunciou esta sexta-feira ao final da tarde que terá capturado um navio petroleiro britânico por violar a lei marítima internacional quando passava pelo estreito de Ormuz, cenário de uma escalada de tensão entre Teerão e Washington.

Esta situação acontece no mesmo dia em Gibraltar estendeu por trinta dias o período de retenção do petroleiro iraniano Grace 1, retido há quase duas semanas neste território por suspeitas transporte de crude para a Síria.

Estas forças iranianas terão, de acordo com a CNBC, capturado o petroleiro tendo entregue o navio às autoridades marítimas, de acordo com a estação televisiva estatal.

A Grã-Bretanha reagiu com a informação que está a reunir mais detalhes sobre esta situação. “Estamos, de forma urgente, a tentar reunir informação sobre esta situação que aconteceu no Golfo”, disse o porta-voz do ministro da Defesa britânico.

Relacionadas

“Alegação é delirante”. Irão mostra vídeo que visa provar que EUA não destruíram drone iraniano

“Essa alegação é delirante e sem fundamento”, respondeu o porta-voz das Forças Armadas do Irão, Abdolfazl Shekarchi, citado pela agência noticiosa Tasnim, no mesmo dia em que a TV estatal iraniana mostrou um vídeo que a Guarda Revolucionária diz provar que o ‘drone’ não foi abatido pelo navio dos EUA.
Recomendadas

Angela Merkel e Boris Johnson consideram prematuro regresso da Rússia ao G7

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disseram esta quarta-feira em Berlim ser prematuro considerar o regresso da Rússia ao G7, uma ideia avançada pelo Presidente norte-americano, Donald Trump.

Oposição venezuelana anuncia nova fase de mais pressão contra o regime

O presidente do parlamento venezuelano, Juan Guaidó, disse esta quarta-feira que a oposição tem mantido conversações com o governo dos Estados Unidos e anunciou que chegou o momento de pressionar mais o regime liderado por Nicolás Maduro.

António Guterres participa na cimeira do G7 e intervém sobre biodiversidade e oceanos

O secretário-geral das Nações Unidas vai participar na cimeira do G7, seguindo depois para uma conferência sobre o desenvolvimento africano, no Japão, e ficará três dias na República Democrática do Congo para mobilizar apoio contra a epidemia de Ébola.
Comentários