Isabel dos Santos vai sair do capital do EuroBic

EuroBic informa em comunicado que a empresário angolana “tomou a decisão de sair da estrutura acionista”. Administradores não executivos que exercem funções na estrutura de gestão do universo de Isabel dos Santos apresentaram a renúncia aos seus cargos com efeitos imediatos;

Toby Melville/Reuters

A empresária angolana Isabel dos Santos decidiu sair da estrutura acionista do EuroBic, através da venda da posição que detinha na entidade bancária, numa participação total de 42,5%, informou esta quarta-feira o banco através de comunicado.

De acordo com a instituição bancária, que começa por esclarecer que esta medida visa “salvaguardar a confiança na instituição”, “a operação de alienação da sua participação foi já iniciada, a qual, face à existência de interessados, tem assegurada a sua concretização a muito breve prazo, sujeita, nos termos da lei, à prévia autorização das autoridades competentes

Deste modo, e como informa o EuroBic, a decisão de saída “é definitiva” e irá “concretizar-se o mais rapidamente possível”. Na sequência desta decisão de Isabel dos Santos, que foi dada a conhecer ao Banco de Portugal, “os administradores não executivos que exercem funções na estrutura de Isabel dos Santos apresentaram a renúncia aos seus cargos no EuroBic com efeitos imediatos”.

 

Relacionadas

Isabel dos Santos constituída arguida em Angola em conjunto com quatro portugueses

Além da empresária, também foram constituídos arguidos Mário Leite da Silva, Paula Oliveira, Nuno Ribeiro da Cunha e Sarju Raikundalia.

Costa sobre Luanda Leaks: Portugal “vai colaborar totalmente com as autoridades angolanas”

António Costa garantiu colaboração total nas investigações ao caso Luanda Leaks e a Isabel dos Santos.
lucilia_gago_procuradora_geral_republica

Procurador-geral de Angola a caminho de Lisboa para se reunir com PGR portuguesa

Ao que a SIC e o Expresso apuraram, Hélder Pitta Grós chega a Portugal esta quinta-feira, 23 de janeiro, para se encontrar com Lucília Gago. É o primeiro encontro entre os dois desde que rebentou o caso Luanda Leaks.
Recomendadas

Commerzbank encerra filial de Barcelona e quer vender a do Brasil

Ao apresentar os resultados de 2020, o Commerzbank, que registou perdas de quase 2.900 milhões de euros, indicou que queria encerrar agências e representações fora da Alemanha, retirando-se de 15 pontos internacionais.

Dívida pública recuou em janeiro depois de ter atingido máximo histórico

A dívida recuou 600 milhões entre dezembro e janeiro refletindo “essencialmente amortizações de títulos de dívida, no valor de 0,3 mil milhões de euros, e a redução de responsabilidades em depósitos no valor de 0,2 mil milhões”, de acordo com o Banco de Portugal.

PremiumRestruturação da dívida da TAP não agrava malparado dos bancos

Bancos aceitaram adiar o pagamento da dívida da TAP em um ano e meio. Mas cartas-conforto do Estado evitam que classifiquem como malparado.
Comentários