Já abasteceu? Há 22 postos condicionados e dois já estão ‘secos’

A quatro dias do arranque da greve dos motoristas, a corrida às bombas de gasolina já começa a esgotar combustível em Lisboa e no Alentejo. Conheça os postos onde já não é possível abastecer.

A corrida aos postos de combustível já começou. A quatro dias da greve dos motoristas, dois postos já se encontram sem abastecimento. A Galp, em Alfragide e a BP, em Cova do Gato, no Alentejo já estão sem combustível.

Para além desses dois, existem 22 outros postos com abastecimento condicionado, de acordo com o mapa criado pela equipa da VOST Portugal (Voluntários Digitais Em Situações de Emergências para Portugal), JáNãoDáParaAbastecer.

A paralisação dos motoristas de matérias pesadas está marcada para dia 12 de agosto, podendo prolongar-se por tempo indeterminado. O governo já decretou o estado de emergência energética e fixou serviços mínimos. Mas já se registam falhas. No total, existem 10 postos sem gasolina, 11 sem gasóleo e dois sem GPL. A  Rede de Emergência de Postos de Abastecimento (REPA) conta com 54 postos prioritários e 320 postos de acesso público.

Consulte a lista e o mapa.

Sem GPL

Prio – Alta de Lisboa

Galp – Aljustrel

Sem Gasóleo 

Intermaché – Póvoa de Lanhoso

Galp – Braga

Nautigás – Areosa

Alves Bandeira – Cargo do Encheiro

Galp – Ameixoeira

Repsol – Castilho

Repsol – Arraiolos

Repsol – Alverca do Ribatejo

(REPA) Repsol – S. Domingos de Rana

Lusiadagás – Albufeira

(REPA) Jumbo – Portimão

Sem Gasolina

Nautigás – Areosa

Repsol – Barrô

(REPA) Repsol – S. Domingos de Rana

(REPA) Galp – Venda do Pinheiro

BP – R. Cónego Barreiros

Galp – Ameixoeira

Prio – Portela das Padeiras

Galp – Sacavém

Galp – Aljustrel

Lusiadagás – Albufeira

 

Ler mais
Relacionadas

“Não é possível que o país pare. Serviços mínimos têm que ser garantidos”, diz CDS

No entender do CDS, a prioridade agora é garantir que o país não pare, tal como aconteceu em abril, e considera “razoável” os serviços mínimos decretados.

CGTP diz que Governo está a “atacar e limitar o direito do exercício de greve” com serviços mínimos

“A CGTP discorda do despacho do governo sobre os serviços mínimos, nomeadamente os fundamentos que são susceptíveis de ser utilizados de forma mais geral para pôr em causa um direito que é conquista do 25 de Abril e que a Constituição da República consagra como fundamental”, afirma a CGTP. A FECTRANS, afeta à CGTP, não vai aderir à greve de 12 de agosto.

ANTRAM: Greve dos motoristas “vai ter um impacto muito maior no país do que para as empresas do setor”

“Isto não é uma guerra para ver quem ganha ou quem perde”, garante o porta-voz da ANTRAM, mas “o país, as empresas que sofrem diariamente com o impacto das relações laborais que têm e os trabalhadores que já não vão ter os aumentos para 2020” são os derrotados da greve.

Profissionais da GNR descontentes com chamada aos serviços mínimos da greve dos motoristas

Os Profissionais da Guarda vão enviar um ofício ao Governo manifestando o descontentamento pelo facto da GNR ter sido chamada aos serviços mínimos da greve dos motoristas para a condução dos camiões de matérias perigosas.
Recomendadas

Fique a saber que opções tem caso queira trocar um artigo

Não se esqueça de guardar todos os talões, comprovativos ou recibos. Assim, tem as ofertas todas acauteladas e pode, ainda, fazer as suas contas.

Norte-americanos são os que mais gastaram em alojamento em Portugal

Dados da plataforma de alojamento Uniplaces indicam que os estudantes e profissionais oriundos dos Estados Unidos são os que mais gastam em arrendamento no nosso país, seguidos pelo Reino Unido, França, Holanda e Alemanha.

Quais as vantagens de transferir o crédito à habitação para outro banco?

Provavelmente já ouviu falar de casos de familiares ou de amigos que transferiram o seu crédito habitação para outra instituição e quer perceber as vantagens desta operação. Ou talvez considere que tem o melhor spread e precisa de saber se isso é verdade. Neste artigo, João Morais Barbosa, administrador do Grupo Reorganiza, falar das vantagens de transferir o seu crédito habitação para outro banco.
Comentários