José Avillez abre ‘Tasca’ no Dubai com a presença de Cuca Roseta e Jorge Jesus

‘Tasca’ é o 21º restaurante de José Avillez e o primeiro fora de Portugal. O chef detentor de duas estrelas Michelin aposta nos pratos tradicionais portugueses na entrada no Dubai.

José Avillez expandiu o seu negócio na restauração para o Dubai. O conhecido chef de cozinha e empresário português é um dos mais conceituados chefs em Portugal, e pretende agora ser conhecido no resto do mundo, mas em língua portuguesa.

‘Tasca’ é a primeira aventura de Avillez fora de Portugal. A inauguração aconteceu na terça-feira, 12 de março, e teve direito a um concerto intimista da fadista Cuca Roseta. A baixa do Dubai serviu de fundo para a apresentação do novo restaurante, além do restaraunte contar ainda com uma esplanada e uma piscina infinita. Quem não faltou a esta apresentação foi Jorge Jesus, antigo treinador do Al Hilal, que ainda permanece na Arábia Saudita para dirigir a Rozam Football Academy.

Este novo restaurante insere-se na construção do hotel Mandarin Oriental Jumeirah, e torna-se o 21º restaurante no império que Avillez já detém. A última aquisição do português foi o centenário café Progresso, no Porto, que existia desde 1899, e que vai passar a chamar-se ‘Cafeína Downtown’.

O chef português não podia deixar de espelhar o orgulho que tem no seu país, e por isso levou as receitas consigo, para mostrar aos Emirados Árabes Unidos quem domina na cozinha. Apesar de os produtos que mais brilham serem a carne wagyu e a lagosta azul, as receitas são sempre preparadas recorrendo a técnicas tipicamente portuguesas, e o exemplo disso é o pica-pau de wagyu salteado ou a lagosta com arroz de camarão com coentros e picante. No entanto, a cozinha típica portuguesa também tem destaque e isso vê-se nas amêijoas à Bulhão Pato, no polvo à lagareiro, no bacalhau à Gomes Sá e até no pastel de nata, que embora seja apresentado de forma descontruída, se mostra reinventado.

O restaurante Tasca conta com duas cartas de ementa, uma mais curta para a hora de almoço e a mais completa para o jantar. Muitos dos pratos mostram a ligação ao mar, sendo que muitos deles são à base de peixe ou marisco. Ainda assim, o chef decidiu apostar também nas referências do médio-oriente, incluindo o cordeiro com menta e pimentos no menu. O bar da ‘Tasca’ tem a maior garrafeira de vinhos portugueses nesta cidade dos Emirados Árabes Unidos, onde constam vinhos do Porto e da Madeira.

Em Portugal, José Avillez recebeu duas estrelas Michelin, a maior recompensa que um chef pode receber, pelo restaurante ‘Belcanto’. A primeira surgiu em 2012, menos de um ano após a abertura do restaurante, e a outra surgiu em 2014. E em 2015, ‘Belcanto’ foi considerado um dos melhores restaurantes mundiais pela lista ‘The World’s 50 Best Restaurants” da revista ‘Restaurant’.

Além deste Belcanto, o conhecido chef conta ainda com ‘Cantinho do Avillez’, ‘Bairro do Avillez’, ‘Cantina Zé Avillez’, ‘Cantina Peruana’, ‘Café Lisboa’, ‘Beco – Cabaret Gourmet’, ‘Mini Bar’, ‘Pitaria’, ‘Pizzaria Lisboa’ e ‘Za’atar’. Ainda em 2015, Avillez foi reconhecido como “Chefe de Cozinha do Ano” pela revista WINE – A Essência do Vinho.

Ler mais
Recomendadas

Serralves e Gulbenkian no mapa cultural do Bankinter

Fundador de Serralves desde 2019, o Bankinter anuncia também o apoio à exposição “Cérebro, mais vasto que o céu”, organizada pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Um dos melhores restaurantes de praia da Europa fica em Portugal

A lista foi elaborada por escritores de viagens do jornal britânico ”The Guardian” que caracteriza o local como sendo ”perfeito para almoços longos ou noites românticas”. Restaurante português figura entre restaurantes na Grécia, Espanha ou Itália.

De Paris a Nova Iorque. Estas são as cidades mais caras do mundo

Houve alterações no topo do ranking das cidades mais caras do mundo, compilado pela Economist Intelligence Unit.
Comentários