JPP pede medidas compensatórias para agricultores impedidos de regar

O JPP diz que o Governo Regional cobra aos regantes, mas que quando chega à altura de reparar canais de rega “atira as responsabilidades” para os municípios.

O JPP voltou a pedir uma justa medida compensatória para os agricultores que pagam água de rega todos os anos e que depois se vêm impedidos de regar porque a Água e Resíduos da Madeira (ARM) não consegue garantir a conservação dos canis de rega. O apelo foi feito durante o debate na especialidade do Orçamento Regional e o Plano e Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Região Autónoma da Madeira (PIDDAR), que decorre na Assembleia Legislativa da Madeira.

“Apesar da incapacidade do Governo em garantir esses canais de rega, o executivo não se abstém de cobrar dinheiro aos regantes que cumprem escrupulosamente os pagamentos mas que ficam impedidos de regar pelo mau estado dos canais de rega”, afirmou Rafael Nunes, deputado do JPP.

O deputado do JPP disse ainda que o Governo Regional cobra aos regantes mas quando chega à altura de reparar canais de rega “atira as responsabilidades” para os municípios.

A secretária regional do Ambiente, Recursos Naturais, e Alterações Climáticas, Susana Prada, respondeu ao dizer que a ARM não entrega mais caudal aos agricultores não por sua culpa. “A água é só uma. Há prioridade ao abastecimento. A curva dos abastecimento tem vindo a aumentar. Logo diminui a água para o regadio”, disse a governante.

Recomendadas

Tenha em atenção a sustentabilidade para preservar meio ambiente e alimentação mais saudável, recomenda Deco

Alimentação sustentável é um termo utilizado para definir a adoção de um conjunto de estratégias capazes de gerir os recursos naturais, de modo a garantir a satisfação das necessidades humanas, conservando as funções dos ecossistemas e proporcionando o acesso a todos de alimentos nutritivos.

PremiumFatura Amiga da Deco tem 7.592 utilizadores (55 na Madeira)

O projeto que pretende contribuir para um consumo mais sustentável e eficiente, tem feito com que os consumidores estejam mais atentos à fatura da eletricidade.

Aproveite o Carnaval em segurança

Prefira pinturas à base de água, porque são menos vocacionadas a reações adversas e aplicam-se facilmente, com um pincel apropriado ou uma esponja molhada.
Comentários