Leia aqui os documentos do Luanda Leaks

Os Luanda Leaks têm 715 mil documentos, entre e-mails, contratos, auditorias, e contas que foram obtidas por uma plataforma de denunciantes em África (PPLAAF), que depois foi partilhada com a ICIJ. Veja aqui os documentos que foram revelados este domingo.

Tiago Petinga/Lusa

Uma investigação de um consórcio internacional de jornalistas de investigação (ICIJ), sugere que Isabel dos Santos beneficiou de imensas oportunidades facultadas por José Eduardo dos Santos, antigo presidente de Angola e pai de Isabel dos Santos, enquanto dirigiu o país.

Conheça ao detalhe os documentos que foram revelados pelo consórcio internacional de jornalistas de investigação.

Os Luanda Leaks têm 715 mil documentos, entre e-mails, contratos, auditorias, e contas que foram obtidas por uma plataforma de denunciantes em África (PPLAAF), que depois foi partilhada com a ICIJ.

De referir que Isabel dos Santos já tinha negado ter sido beneficiado pelo Estado de Angola, e diz que existe um ataque concertado da atual governação do país contra si, com motivações políticas.

Os documentos a que o ICIJ teve acesso refere uma rede opaca com 400 companhias, muitas delas offshores, ligadas a Isabel dos Santos, e ao marido, Dokolo e os seus associados, e também a assistência dada por parte de companhias europeias e americanas.

A documentação dá indícios de que a Sonangol vendeu a Dokolo uma participação na Galp, avaliada em 750 milhões de euros depois de um empréstimo de 11 milhões de euros.

 

 

Ler mais
Relacionadas

Isabel dos Santos diz que Luanda Leaks é baseado em documentos falsos e coordenado por governo de Angola

O Luanda Leaks revelou 715 mil documentos, de um consórcio de jornalistas de investigação, que mostram como Isabel dos Santos construiu a sua fortuna à custa do Estado de Angola.

Marido de Isabel dos Santos acusa Rui Pinto de ser “braço armado do complot” do Luanda Leaks

Para além de Rui Pinto, Dokolo diz que João Lourenço, presidente de Angola, e Manuel Vicente, antigo vice-presidente de Angola, fazem também parte deste ‘complot’ dos Luanda Papers.

“Já se demitiram?”. Ana Gomes reage aos ‘Luanda Leaks’ e pede afastamento de Carlos Costa

Ex-eurodeputada já reagiu à revelação dos ‘Luanda Leaks’ e pergunta se Carlos Costa e Fernando Teixeira dos Santos já se demitiram.

“Racismo” e “preconceito”. Isabel dos Santos reage a investigação jornalística a nível mundial

Os Luanda Leaks têm 715 mil documentos, entre e-mails, contratos, auditorias, e contas que foram obtidas por uma plataforma de denunciantes em África (PPLAAF), que depois foi partilhada com a ICIJ.

Luanda Leaks revela como Isabel dos Santos construiu fortuna à custa de Angola

O Luanda Leaks têm 715 mil documentos, entre e-mails, contratos, auditorias, e contas que foram obtidas por uma plataforma de denunciantes em África (PPLAAF), que depois foi partilhada com a ICIJ.
Recomendadas

PGR vai alargar a todo o país projeto-piloto contra violência no desporto

A Procuradoria Geral da República diz que desde setembro foram aplicadas 54 interdições de acesso a recinto desportivo.

Covid-19: setores têxtil, vestuário e calçado preocupado com eventual prolongamento da crise

O presidente da Anivec referiu que “mais de 85% de toda a roupa consumida na Europa provém da Ásia, o que quer dizer que a Europa está refém da Ásia”.
Comentários