Líder do PS/Açores anuncia medidas para jovens, famílias e idosos

Entre outras medidas, Vasco Cordeiro anunciou a criação de um programa de apoio aos jovens universitários, para ajudá-los a criar a sua própria empresa, fomentando o empreendedorismo.

Ler mais

O líder do PS/Açores, Vasco Cordeiro, anunciou hoje a criação de medidas para ajudar os jovens a encontrar emprego, os pais que querem conciliar o trabalho com a vida familiar e os idosos que necessitam de cuidados ao domicílio.

“O Partido Socialista dos Açores está pronto e responde ‘presente’ ainda mais motivado, ainda mais empenhado, ainda mais determinado em, pelos Açores e com os açorianos, vencer os desafios que estão pela nossa frente”, adiantou.

O líder regional socialista, que é presidente do Governo Regional dos Açores desde 2012, falava no encerramento do XVII Congresso Regional do PS/Açores, que decorreu na Praia da Vitória, na ilha Terceira.

Entre outras medidas, Vasco Cordeiro anunciou a criação de um programa de apoio aos jovens universitários, para ajudá-los a criar a sua própria empresa, fomentando o empreendedorismo.

“Esta medida que agora vos anuncio de criação de um programa de apoio a jovens universitários [abrange] as fases da ideia de negócio, do plano de negócio, de criação da empresa e de acompanhamento personalizado da sua atividade durante os primeiros anos de atividade”, avançou.

Aos jovens até aos 29 anos, com a escolaridade obrigatória e desempregados há mais de três meses, será dada, segundo o líder regional socialista, “oportunidade de ter uma formação em contexto de trabalho nos setores estratégicos para a região”, sendo o objetivo final a sua “integração profissional nestes setores”.

Recomendadas
Angola/PM: Costa considera “muito provável” visita de Estado de Marcelo em 2019
De acordo com o líder do executivo português, a partir de agora, as visitas de alto nível entre as autoridades políticas de Luanda e de Lisboa “retomarão o seu ciclo normal”.
Transparência: PS quer regresso da lista das subvenções vitalícias
A lista, composta na maioria por políticos reformados, deixou de ser publicada em maio, depois de surgirem dúvidas colocadas pelo Regulamento Geral de Proteção de Dados.
Comissão parlamentar quer ouvir Manuel Pinho em 17 de outubro
Fonte parlamentar adiantou à agência Lusa que para 17 de outubro ficou agendada a audição do ex-ministro da Economia Manuel Pinho, sendo esta a última data deste lote de inquirições previstas.
Comentários