PremiumLiderança de Costa no PS volta a ser desafiada por Daniel Adrião

Líder da tendência minoritária do PS quer António Costa focado em ser primeiro-ministro e propõe-se a “revitalizar” partido. Costa acena à esquerda para recuperar país. Eleições começam esta sexta-feira.

Com o socialista António Costa a chefiar o país e as sondagens a darem ao PS mais votos do que a direita toda junta, o partido do Governo começa esta sexta-feira, dia 11, a eleger o seu próximo secretário-geral. As eleições diretas, abertas a militantes e simpatizantes, vão voltar a colocar frente a frente António Costa e Daniel Adrião, líder da tendência minoritária interna.

E se Costa parte à reconquista de um quarto mandato, Adrião quer que o primeiro-ministro se concentre apenas nessa função e deixe o PS ser liderado por quem se dedique a tempo inteiro à “revitalização e dinamização” do partido.

“António Costa tem sido um bom primeiro-ministro, mas não tem sido um bom secretário-geral do PS”, diz ao Jornal Económico (JE) o único opositor de António Costa nas diretas do PS.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumSuba: A um nível superior

E na freguesia de Santa Catarina, no bairro da Bica, junto ao miradouro do Adamastor, que se localiza um dos tesouros menos conhecidos da capital, o Hotel Verride Palácio Santa Catarina.

PremiumJoão Rodrigues: De câmara e fato de neoprene, a sua missão é salvar os oceanos

Premiado internacionalmente e colaborador regular da revista “National Geographic Portugal”, João Rodrigues não prescinde da sua câmara para divulgar os mares portugueses e sensibilizar a comunidade para a importância da sua conservação.

PremiumAbreu faz parceria na Guiné para responder a investidores

Crescente interesse de investidores na Guiné-Bissau levou a Abreu Advogados a reforçar a sua relação com a Armindo Serqueira Advogados, alargando a capacidade da rede em países de língua portuguesa.
Comentários