Lisboa recebeu o maior encontro de Business Angels internacionais

A Associação Portuguesa de Business Angels (APBA) realizou no Museu da Electricidade, o Spring Investment Dinner. Este evento contou com os maiores Business Angels internacionais.

O Spring Investment Dinner teve a presença de 150 participantes, entre eles o Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos; o Presidente da APBA, João Trigo da Roza; o Presidente do Business Angels Europe, Philippe Gluntz e o Administrador do Grupo José de Mello, João Azevedo Coutinho.

Durante o encontro, num ambiente de networking, os vários investidores internacionais demonstraram interesse em querer investir nas várias Startups portuguesas presentes, nomeadamente os investidores holandeses e italianos. A internacionalização das startups portuguesas era um dos objectivos finais do evento realizado pela APBA, que aproveitou o evento para comemorar o seu 10º aniversário.

No seguimento do Spring Investment Dinner, decorreu no dia 12 de Maio, uma Assembleia Geral da Confederação Europeia de Business Angels (BAE) que reuniu os maiores investidores de early stage e Business Angels Europeus. Nesta assembleia foi  eleito o novo Presidente da BAE, Luigi Amato e o Presidente da APBA foi eleito Vice-Presidente da BAE com o pelouro da Estratégia.

Recomendadas

Unicórnio alemão vai instalar-se em Matosinhos e procura programadores e engenheiros

Depois de chegar ao Porto em 2017, a “rede social do trabalho” Xing, cuja sede é em Hamburgo, vai inaugurar um novo escritório em Matosinhos já no início de fevereiro.

Cuatrecasas apoia Indico Capital Partners na criação do fundo de 46 milhões de euros

A Cuatrecasas, Gonçalves Pereira prestou assessoria jurídica à Indico Capital Partners no lançamento do seu primeiro fundo de investimento em capital risco, com mais de 46 milhões de euros – comprometidos por investidores de oito países diferentes –, para investir em startups tecnológicas.

Açores atribui três milhões de euros para terceira tech island

A estratégia contempla um hub tecnológico que terá como objetivo atrair empresas na área das tecnologias da informação e comunicação (TIC) que se queiram deslocalizar ou iniciar novas funções. Está ainda previsto a disponibilização de infraestruturas para fixar empresas e de habitação para colaboradores deslocados.
Comentários