Live Electric Tours abre primeira loja em Lisboa

Precisamente um ano após a entrada em operação, esta startup na área do turismo investe na abertura de uma nova loja, e no aumento de frota para responder ao crescimento da procura.

Precisamente um ano após a entrada em operação, a startup na área do Turismo, Live Electric Tours, vai abrir no próximo dia 31 de julho, a primeira loja em Lisboa, na freguesia de Arroios. Para além do investimento na abertura de uma nova loja, num montante que a empresa de animação turística não quis divulgar, avança ainda com o aumento de frota para responder ao crescimento da procura.

A Live Electric Tours, é uma experiência de self-drive em viaturas 100% elétricas. A sua frota de carros é única no mundo, porque está equipada com free-wifi, Gps audio guide com tours pré-programados e ainda uma câmara live que permite os turistas partilharem toda a experiência em direto com familiares e amigos através das redes sociais.

Fundada em janeiro de 2017, por Djalmo Gomes, Luís Lucas e Agostinho Abreu, esta startup, agora incubada na Startup Lisboa, junta Turismo, com ecologia e tecnologia. Iniciou a sua atividade em agosto de 2017, e foi vencedora em Lisboa do programa de aceleração do Turismo de Portugal, Tourism Explorers. Também ganhou a final regional do Startup Europe Awards na categoria Turismo.

A Live Eletric Tours recebeu, em junho último, um investimento pela sociedade de capital de risco Portugal Ventures, e com base no aumento de capital, explica a empresa, em comunicado, pretende expandir o projeto para outras cidades, assim como potenciar a capacidade operacional da empresa.

Sobre este passo, Djalmo Edgar Gomes, CEO da Live Eletric Tours, frisa que os objetivos iniciais para o projeto estão a ser cumpridos: “a 31 julho de 2017, no dia de lançamento do projeto, prometemos abrir uma loja em Lisboa, e aumentar a nossa frota. Estamos muito satisfeitos por conseguirmos cumprir o percurso que ambicionamos. Tem sido um ano muito feliz, com um reconhecimento enorme pela inovação que representamos no setor do Turismo”. Quanto ao futuro, o responsável deixa a promessa de que irá “continuar a surpreender com novas tecnologias, com o aumento da frota e uma expansão para outras cidades portuguesas”.

Recomendadas

‘Caso EDP’: empresa confirma que já foi notificada pelo DCIAP para ser constituída arguida

Em comunicado, a energética portuguesa afirmou que “em linha com as notícias divulgadas na imprensa portuguesa no final do dia de ontem, a EDP foi hoje notificada pelo DCIAP de que deverá, nos próximos dias, designar um legal representante que compareça no DCIAP, a fim de ser constituída arguida”.

Nova companhia aérea de Neeleman deverá iniciar voos em 2021

A Breeze Airways, fundada por David Neeleman, cuja saída da TAP foi anunciada recentemente, deverá iniciar os voos em 2021, um lançamento que foi adiado pela pandemia de Covid-19, avançou hoje a Bloomberg.

Salários da CGD aumentaram em 2019 com início de pagamento de bónus

Os salários da administração da CGD cresceram para 3,6 milhões de euros no ano passado, um aumento de 22,5% justificado com o início de um programa de pagamento de remunerações variáveis, que já estava previsto, revelou o banco.
Comentários