Madeira: Conferência dos Representantes dos Partidos chama Calado com urgência à Assembleia

O debate foi proposto pelo PSD e CDS e realiza-se na próxima terça-feira.

A Conferência de Representantes dos Partidos realizada esta quinta-feira de manhã na Assembleia Legislativa da Madeira aprovou com unanimidade a realização de um debate de urgência com o Vice-Presidente do Governo Regional, Pedro Calado, sobre a ausência das medidas de apoio do Governo da República à Região Autónoma da Madeira (RAM) face à pandemia da Covid-19.

O debate foi proposto pelo PSD e CDS e realiza-se na próxima terça-feira.

Foi requerido outro debate de urgência pelo Juntos pelo Povo (JPP) sobre a problemática dos táxis e da Uber com a presença do Secretário Regional da Economia, Rui Barreto, que foi rejeitado pelo PSD e CDS.

A Conferência de Representantes dos Partidos aprovou ainda, por proposta do Presidente da Assembleia, José Manuel Rodrigues, a mudança do dia da Assembleia de 4 de dezembro para 19 de julho.

A 4 de dezembro comemorava-se a transferência de instalações do Parlamento do edifício do Governo Regional para o edifício atual e o dia 19 de julho é o dia em que pela primeira vez, em 1976, houve parlamentarismo e houve a abertura do Parlamento da RAM.

Também foi aprovado por unanimidade, por proposta do PSD, a criação do prémio Emanuel Rodrigues, o primeiro presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, para distinguir pessoas que se venham a destacar com trabalhos na sociedade madeirense.

Ler mais
Recomendadas

Saiba como funciona o regime temporário e excecional relativo aos contratos de seguro

Esta medida prevê a suspensão do regime da imperatividade absoluta aplicada aos prémios de seguros, ou seja, da obrigatoriedade de prévio pagamento do prémio para que o risco seja coberto, permitindo que o segurado (tomador do seguro) não fique sem cobertura do risco quando não paga o seguro (imperatividade relativa).

Presidente do Marítimo discorda do desfecho diferente entre I e II Liga

O dirigente ‘verde rubro’ acrescentou que o apoio que as equipas da II Liga receberam condicionou a posição desses mesmos clubes nesta contestação.

Madeira: PS defende Orçamento Suplementar focado no apoio às empresas e emprego

O Ps Madeira defende medidas como a suspensão da lei de finanças regionais de modo a permitir mais endividamento, a extensão do lay-off, apoio extraordinário ao setor do Turismo.
Comentários