Madeira: Produção de uva para vinho nas quatro mil toneladas em 2020

Miguel Albuquerque vincou ainda que estas uvas serão todas adquiridas pelas casas de vinho.

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, visitou esta quarta-feira uma exploração de viticultura no Estreito de Câmara de Lobos, onde salientou que este ano a estimativa para a produção de uva para vinho é de cerca de quatro mil toneladas.

“É importante voltar a realçar o trabalho de cerca de 2 mil e 100 viticultores que continuam a trabalhar para que o nosso vinho e sobretudo o Vinho Madeira continue a ser um dos produtos de excelência da Região Autónoma da Madeira”, realçou.

O governante vincou ainda que estas uvas serão todas adquiridas pelas casas de vinho.

“Este ano nós criamos os mecanismos de apoio através de uma linha de crédito para as casas de vinho, que são cerca de 18, adquirirem as uvas aos viticultores. Vamos apoiar quer os juros, quer um subsídio num valor de cerca 400 mil euros e o escoamento está assegurado e toda a produção será adquirida pelas casas de vinho”, concluiu.

Recomendadas

Miguel Albuquerque diz que “a Madeira vai ultrapassar efeitos devastadores no turismo”

O presidente do Governo da Madeira mostrou-se este domingo convicto de que a região vai conseguir superar “mais este grande desafio” dos “efeitos devastadores” no setor do turismo provocado pela pandemia da covid-19.

Festas de Natal e Fim do Ano na Madeira vão acontecer com adaptações

O secretário do Turismo da Madeira afirmou este domingo que os concursos para as tradicionais festas de Natal e Fim de Ano na região já foram lançados, mas os programas vão ser adaptados ao contexto da pandemia da Covid-19.

Madeira: Secretaria Regional do Mar promove Encontro do Mar em novembro

Mafalda Freitas vincou a dimensão da Zona Económica Exclusiva da Madeira (ZEE), com uma área superior a mais de 440 mil metros quadrados. “O número pode não dizer muito, mas já é diferente se dissermos que é uma ZEE superior à da Bélgica, Chipre, Alemanha e Suécia juntos”, sublinhou.
Comentários