Madeira: PSD acusa TAP de abandonar os portugueses

O PSD Madeira considerou que a não realização da rota entre Lisboa e a cidade do Cabo, pela TAP, “vem, uma vez mais, prejudicar a nossa comunidade que reside na África do Sul, onde temos uma quantidade numerosa de Madeirenses”.

O grupo parlamentar do PSD Madeira acusou a TAP de abandonar os seus cidadãos. Os sociais democratas denunciaram mais um falta de respeito por parte da transportadora aéreas, ao referir que as ligações entre Lisboa e a cidade do Cabo já não vão acontecer este ano.

“Achamos que esta atitude da TAP vem, uma vez mais, prejudicar a nossa comunidade que reside na África do Sul, onde temos uma quantidade numerosa de Madeirenses”, considerou Carlos Fernandes, deputado do PSD.

O social democrata afirmou que esta é uma “falta de respeito” para todos aqueles que esperavam estas ligações aéreas para volta à sua terra e visitar familiares.

Para o deputado, esta decisão da TAP demonstra que a companhia aérea continua a “virar as costas à nossa diáspora, nos momentos em que ela mais precisa, sem que se assista a qualquer intervenção por parte do acionista maioritário Estado”.

Carlos Fernandes reforço que a TAP deve “cumprir com as suas obrigações com a nossa Diáspora”, e que o dinheiro dos portugueses que o Governo decidiu injetar na companhia aérea “deve ser usado para assegurar as ligações com as comunidades espalhadas pelo mundo e não para os bolsos dos administradores e acionistas da TAP”, acrescentando que um país que abandona os seus cidadãos “é um país falhado”.

Recomendadas

Madeira: JPP descontente com fecho da agência do Banco Santander da Camacha

O JPP entende que este tipo de decisões, legítimas do ponto de vista da empresa, chocam grosso modo com a população que serve e que lhes confia as suas economias.

Miguel Albuquerque: Não vai haver medidas nenhumas de relaxamento nos lares

“Eu compreendo que os familiares querem abraçar os seus entes queridos que estão nos lares, compreendo que alguns deles querem levá-los a casa e trazê-los, mas nós neste momento não podemos arriscar”, vincou.

Mapa turístico em braille e roteiro acessível abrem a Semana do Turismo no Funchal

As comemorações do Dia Mundial do Turismo decorrem até domingo e incluem ainda workshops, concertos, apresentações de novos projetos, a atribuição da distinção municipal “Mérito Turístico 2020” e a abertura do Posto de Turismo do Mercado dos Lavradores.
Comentários