Madeira: PSP regista 17 infrações por uso de telemóvel durante a condução em Operação Phone Off

Paralelamente, a PSP também atuou a nível da fiscaçização rodoviária em vários pontos dos diversos concelhos de forma a prevenir e combater a sinistralidade, sendo que foram realizadas 21 operações, com fiscalização de 641 viaturas.

O Comando Regional da Polícia de Segurança Pública (PDP) da Madeira lançou a operação “Phne Off”, especialmente direcionada para a fiscalização da utilização do telemóvel durante a condução, que registou 17 infrações deste tipo, entre os dias 30 de setembro e 6 de outubro.

Paralelamente, a PSP também atuou a nível da fiscaçização rodoviária em vários pontos dos diversos concelhos de forma a prevenir e combater a sinistralidade, sendo que foram realizadas 21 operações, com fiscalização de 641 viaturas.

Das 136 contraordenações registadas, além das 17 infrações pelo uso  do telemóvel durante a condução, foram ainda detetadas 33 viaturas em excesso de velociadade, quatro por falta de inspeção, uma por não utilizar o capacete, 13 por estacionamento em cima do passeio, uma por estacionamento nas passadeiras e outras 65 infrações.

Há ainda a registar que três pessoas foram detidas por crimes rodoviários: uma por falta de habilitação legal para conduzir e duas sob o efeito do álcool.

Recomendadas

Madeira e Canárias defendem que controlo sanitário deve ser sempre feito na origem das viagens

Os governos da Madeira e de Canárias querem afirmar esta posição internacionalmente, e “continuar a fazer ver junto da União Europeia que as Regiões Ultraperiféricas têm especificidades próprias que justificam esta defesa”, e alertaram para a necessidade de reforço dos fundos europeus para fazer face aos constrangimentos provocados pelo coronavírus.

Assembleia da República discute três propostas relacionadas com regiões autónomas entre elas a suspensão da Lei das Finanças Regionais

Em discussão vão estar as propostas do PSD e do CDS-PP que visam a suspensão de dois artigos da Lei das Finanças Regionais, e ainda outra proposta do PSD que tem como intuito a suspensão de várias prestações do empréstimo, contraído pela Madeira, junto do Governo da República, no âmbito do Plano de Ajustamento Económico e Financeiro, de modo a que a região autónoma tenha disponíveis mais meios para responder aos impactos provocados pelo coronavírus.

Madeira: PCP propõe gabinete para micro e pequenas empresas acederem a medidas de apoio ao coronavírus

Os comunistas madeirenses alertam que o acesso aos apoios às empresas, que foram decretados pelos governos, requerem um conjunto de actos burocráticos que muita micro e pequenas empresas da região não vão ter condições humanas e técnicas para poder concretiza-las e para aceder aos referidos apoios.
Comentários